O JornalDentistry em 2020-5-14

ARTIGOS

Produto químico encontrado na água potável associado à cárie dentária em crianças

Pesquisadores descobriram que maiores concentrações de PFAS foram associadas à uma maior predisposição para cárie dentária em crianças de acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da West Virginia University School of Dentistry.

Os grupos químicos  chamados de  perfluoroalquil e polifluoroalquil que foram utilizados em muitos  países para para fazer panelas antiaderentes, carpetes, papelão e outros produtos, já não são utilizados atualmente mas  persistem no ambiente.  Os cientistas vincularam-nos  a uma série de problemas de saúde - de doenças cardíacas a colesterol alto -, mas agora R. Constance Wiener e Christopher Waters estão a verificar como esses químicos afetam a saúde oral.
Investigaram se concentrações mais altas de PFAS estavam associadas a um maior aumento da cárie dentária em crianças. Um deles - ácido perfluorodecanóico - estava ligado a cáries dentárias. Estas descobertas foram publicadas no Journal of Public Health Dentistry.
"Devido às fortes ligações químicas do PFAS, é difícil separa-los, o que os torna mais persistentes no ambiente, especialmente nos sistemas de água potável", disse Waters, que dirige os laboratórios de pesquisa da Escola de Medicina Dentária. "A maioria das pessoas pode não estar ciente de que está  a usar água e outros produtos que contêm PFAS".
As 629 crianças que participaram do estudo tinham entre 3 e 11 anos e faziam parte da Pesquisa Nacional de Exame de Saúde e Nutrição. Amostras de sangue das crianças foram analisadas para PFAS em 2013 e 2014. A cárie dentária e outros fatores - como a raça, o IMC e a frequência com que escovavam os dentes - foram avaliados.
Dos sete PFAS analisados por Wiener e Waters, o ácido perfluorodecanóico foi o que se correlacionou com níveis mais altos de cárie dentária.
"O ácido perfluorodecanóico, em particular, possui uma estrutura molecular longa e fortes ligações químicas; portanto, permanece no ambiente por mais tempo. Como resultado, é mais provável que tenha consequências negativas para a saúde, como cáries dentárias", comentou o Dr. Wiener, professor associado do Departamento de Dental Practice and Rural Health
Mas como é que essa influência acontece? Wiener e Waters têm uma hipótese. Segundo outras pesquisas, o ácido perfluorodecanóico pode atrapalhar o desenvolvimento saudável do esmalte. Essa rutura pode deixar os dentes suscetíveis à cárie.
No entanto, quando se trata de cáries, os cientistas ainda não analisaram o mecanismo de ação do ácido perfluorodecanóico. O tópico merece uma investigação mais aprofundada.
"Embora as conclusões deste estudo sejam importantes, existem algumas limitações e é necessário mais trabalho para entender completamente como essa molécula afeta a formação normal dos dentes", disse Fotinos Panagakos, vice-reitor de administração e pesquisa da School of Dentistry.
"A boa notícia é que, no nosso estudo, cerca de metade das crianças não possuía nenhuma quantidade mensurável de PFAS. Talvez isso se deva a que certos PFAS não sejam mais fabricados nos EUA", disse Wiener.
Outra boa notícia é que o estudo reafirmou a importância da higiene oral e dos exames. As crianças que escovaram uma vez por dia ou com menos frequência tiveram cárie dentária significativamente maior do que aquelas que escovaram pelo menos duas vezes por dia.
Da mesma forma, as crianças que não foram ao médico dentista no ano anterior tiveram duas vezes mais chances de apresentar taxas mais altas de cárie do que as crianças que foram ao médico dentista.
Portanto, mesmo que os pais não possam controlar o que está na água potável de seus filhos, eles ainda podem proteger os dentes dos filhos promovendo uma escovarão completa e regular e agendando exames dentários.

Fonte:  ScienceDaily / West Virginia University

Clique para ler o artigo original completo
.

 

Recomendado pelos leitores

De acordo  com uma nova pesquisa os Dentes servem como “arquivo da vida”
ARTIGOS

De acordo com uma nova pesquisa os Dentes servem como “arquivo da vida”

LER MAIS

Alguns meses de “Vaping” colocam pessoas saudáveis em risco de  doença oral
ARTIGOS

Alguns meses de “Vaping” colocam pessoas saudáveis em risco de doença oral

LER MAIS

Investigadores de materiais aprofundam vulnerabilidades envolvidas na cárie dentária humana
ARTIGOS

Investigadores de materiais aprofundam vulnerabilidades envolvidas na cárie dentária humana

LER MAIS

Translate:

OJD 75 JULHO 2020

OJD 75 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.