O JornalDentistry em 2017-12-06

ARTIGOS

A periodontite severa em doente com cirrose provoca maior mortalidade

Os resultados apresentados a partir de um estudo prospetivo em pacientes com cicatrização irreversível do fígado (cirrose) demonstram que a periodontite severa prevê fortemente maior mortalidade neste grupo de pacientes, após ajustes para vários fatores de risco.

Na Europa, a cirrose é responsável por 1-2% de todas as mortes e é a principal causa de transplante hepático. 

 A periodontite é prevalente na população adulta, com mais de 35% com periodontite e 10-15% com formas graves da doença.

Vários estudos avaliaram a associação entre periodontite e doenças cardiovasculares, cirrose, doença renal crónica, diabetes mellitus, e doenças respiratórias e um número crescente de estudos sugeriram que a periodontite pode afetar o curso das doenças sistémicas. 

Uma má saúde oral e periodontite são muito frequentes em pacientes com cirrose, os estudos sugeriram também que a periodontite está envolvida na progressão de doenças do fígado e que tem um impacto negativo no curso clínico após transplante hepático. 

Segundo Lea Ladegaard Grønkjaer, PhD, RN, no Hospital Universitário de Aarhus, Dinamarca e principal autor, o estudo mostrou que a periodontite severa previu fortemente maior mortalidade em cirrose. A periodontite pode atuar como uma fonte persistente de translocação bacteriana oral, causando inflamação e aumentando as complicações da cirrose. 

O estudo foi realizado com 184 pacientes com cirrose em quem a saúde oral foi avaliada. A periodontite severa foi definida por critérios padrão de periodontologia e os pacientes foram clinicamente acompanhados por um ano em média. 

No registo do estudo, 44% dos pacientes apresentavam periodontite grave. Quase metade dos pacientes incluídos morreu durante o seguimento. A associação de periodontite com mortalidade foi ajustada para idade, género, etiologia de cirrose, pontuação de Child-Pugh, índice de Fator de Fígado em Fim de Fase, estado de fumador, consumo atual de álcool, comorbidade e pontuação de risco nutricional. As análises demonstraram que a periodontite severa foi associada com maior mortalidade por todas as causas. A mortalidade foi atribuída principalmente a complicações da cirrose. 

"Este estudo demonstra a associação entre a doença das gengivas e o risco de morte em pacientes com doença hepática - agora são necessários mais estudos para determinar se a melhoria do tratamento das gengivas pode melhorar os resultados em pacientes com cirrose hepática", afirmou o Prof. Philip Newsome, do Centre for Liver Research & Professor de Hepatologia Experimental, Universidade de Birmingham, Reino Unido, e membro do Conselho de Administração da EASL

O estudo foi apresentado no International Liver Congress ™ 2017 em Amsterdã, Países Baixos.
 

Fonte: Medical News Today

Artigo original: "Severe gum disease strongly predicts higher mortality in cirrhosis"

 

Recomendado pelos leitores

A má saúde oral pode causar quedas nos idosos?
ARTIGOS

A má saúde oral pode causar quedas nos idosos?

LER MAIS

Com o cancro oral em ascensão, os médicos dentistas podem desempenhar um papel importante
ARTIGOS

Com o cancro oral em ascensão, os médicos dentistas podem desempenhar um papel importante

LER MAIS

O RGPD
ARTIGOS

O RGPD "light" português

LER MAIS

Translate:

OJD 51 MAIO de 2018

OJD 51 MAIO de 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES