O JornalDentistry em 2018-7-02

ARTIGOS

Terapia Periodontal reduz os níveis da Pressão Arterial

De acordo com pesquisadores da University College London Eastman Dental Institute, a periodontite está associada a um aumento da probabilidade de hipertensão, o estudo mostrou também que se verifica uma redução nos níveis de pressão arterial após a terapia periodontal.

Estudos anteriores sugeriram uma ligação entre periodontite e hipertensão, mas pouco se sabia sobre essa associação. Os pesquisadores da UCL tiveram como objetivo verificar se os pacientes com periodontite tinham maior probabilidade de serem diagnosticados com hipertensão do que os indivíduos sem periodontite. A revisão sistemática também se propôs a investigar o efeito da terapia periodontal na pressão arterial sistólica (PAS) e na pressão arterial diastólica (PAD). 

Segundo a autora do estudo Eva Munoz Aguilera, especialista o em periodontologia, a periodontite e a hipertensão afetam milhões de pessoas em todo o mundo. Ambas as condições têm sido independentemente ligadas à incidência de eventos cardiovasculares, levando a grandes problemas de saúde e um impacto significativo nos custos de saúde. Além disso, a hipertensão e a periodontite compartilham fatores de risco como diabetes, dieta pobre e tabagismo. 

Do ponto de vista biológico, essa associação é possível, uma vez que os micro-organismos que causam a inflamação na doença da gengiva podem criar inflamações locais e sistémicas, provocando danos nos vasos sanguíneos. 

O estudo focou-se  na possibilidade de uma associação mais causal entre a doença da gengiva e a pressão arterial. 

O tratamento da hipertensão, juntamente com a medicação e mudanças no estilo de vida, tem sido associado à diminuição do risco de complicações cardíacas e vasculares e numa melhoria geral da saúde. Da mesma forma, o tratamento da gengivite através de uma melhor higiene oral e de intervenções como tratamento periodontal não cirúrgico e cirúrgico por médicos dentistas, levando a uma melhor saúde oral, e a uma a redução da inflamação sistémica, incluindo a diminuição da rigidez dos vasos sanguíneos 

Se se comprovar que existe uma ligação entre a doença periodontal e a hipertensão, e que esta é causal, poder-se-á atuar no diagnóstico par a prevenção e tratamento da doença da gengiva, a fim de contribuir, por sua vez , para a prevenção e tratamento da hipertensão, evitando as complicações devastadoras causadas pela pressão arterial elevada. 

O diagnóstico de periodontite moderada a grave foi associado com aumento de 30% a 50% da pressão arterial elevada. 

A analise dos estudos relatando os efeitos da terapia das gengivas nas medidas da pressão arterial, mostraram uma tendência de diminuição da pressão arterial após o tratamento periodontal. Dois dos três estudos de intervenção incluídos na revisão confirmaram uma redução na pressão arterial após terapia periodontal, variando de uma média de PAS = 1 a 12 mmHg e de PAD = 0 a 10 mmHg. 

Esta redução aponta para que o tratamento da doença da gengiva, reduz a inflamação sistémica. De acordo com os resultados, estima-se que o tratamento da doença gengival em pacientes com pressão sanguínea alta pode estar ao nível ou até ser maior do que o esperado com um medicamento para pressão arterial. 

Para confirmar esse efeito e devido ao tamanho da amostra são necessárias pesquisas adicionais sobre esse tópico, esses estudos serão onerosos. 

Deverá ser aconselhado a todos os pacientes com hipertensão cuidados especiais com a saúde oral, bem como com  outras condições associadas à periodontite, como diabetes, gravidez, etc . 

Por outro lado, os pacientes com periodontite devem ser informados de que existe um risco maior de desenvolver hipertensão e deverão ser aconselhados sobre mudanças no estilo de vida. 

O Estudo “Periodontitis and Its Treatment Are Associated with Hypertension: A Systematic Review and Meta-Analysis,” foi apresentado pela Dra. Munoz Aguilera na conferência EUROPERIO9 da Federação Europeia de Periodontologia, que se realizou de 20 a 23 de junho de 2018, em Amsterdão, Holanda.

 

Fonte: Dentistry Today/University College London Eastman Dental Institute

Artigo original: “Periodontal Therapy Reduces Blood Pressure Levels”

Recomendado pelos leitores

DCD (1): Carcinoma escamoso orofaríngico é o cancro mais comum associado ao Vírus do Papiloma Humano (VPH)
ARTIGOS

DCD (1): Carcinoma escamoso orofaríngico é o cancro mais comum associado ao Vírus do Papiloma Humano (VPH)

LER MAIS

Biomaterial pode manter o dente vivo após tratamento do canal radicular
ARTIGOS

Biomaterial pode manter o dente vivo após tratamento do canal radicular

LER MAIS

A importância da Inteligência Artificial na Medicina Dentária
ARTIGOS

A importância da Inteligência Artificial na Medicina Dentária

LER MAIS

Translate:

OJD 54 SETEMBRO de 2018

OJD 54 SETEMBRO de 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.