JornalDentistry em 2023-12-09

CLÍNICA

Somos jovens — comemoração dos 25 anos da Ordem dos Médicos Dentistas

No 32º Congresso da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), presidido pelo nosso colega António Cabral, tivemos o privilégio de comemorar um quarto de século de existência da OMD.

Dra. Mónica Pereira Lourenço

Antes de ser ordem, a OMD era a Associação Profissional dos Médicos Dentistas (APMD), e, já nesses tempos, rostos de hoje escreviam a história da medicina dentária.
Cruzei-me nos corredores do congresso com o Professor Manuel Fontes de Carvalho, Presidente da então APMD e, mais tarde, primeiro Bastonário da OMD.
Contou-nos que a sua intervenção na profissão começou nos tempos de faculdade, ainda enquanto estudante de medicina, quando conseguiu, em conjunto com outros estudantes e professores, tomar as rédeas da instituição e influenciar a criação da que viria a ser a primeira faculdade de medicina dentária. Após o 25 de abril de 1974, o caos instalado impossibilitou o controlo do numerus clausus, existindo milhares de alunos de medicina para os quais não havia destino. A medicina dentária foi uma das saídas criadas e o ex-bastonário foi um dos primeiros a optar pelo curso, anos mais tarde.
Quando conhecemos alguém que esteve presente nesta história tão vasta, em cada uma das suas fases e acasos, somos também confrontados com o facto da medicina den- tária ter uma história quase embrionária, de tempo menor que uma vida. Apesar de tudo, somos jovens ambiciosos que procuraram inovar, crescer, construir.
Hoje, olhamos para a Expodentária e vemos centenas de stands, uma imensidão de tecnologias, aparelhos e dispositivos médicos que integram o nosso dia a dia.
Uma das sessões dos temas socioprofissionais com mais participação foi a sessão “Mestrado em medicina dentária, e agora? Caminhos alternativos na medicina dentária”,  organizada pelo Conselho de Jovens Médicos Dentistas, do qual também faço parte. Estiveram presentes a Prof. Inês Guerra Pereira, o Prof. Fernando Arrobas da Silva, a Susana Morgado, a Catarina Duarte, a Inês Pereira - ainda estu- dante e presidente da Associação Nacional de Estudantes de Medicina Dentária - e o moderador, Pereira da Costa. Fiquei com a ideia de que, apesar da medicina dentária ser uma sopa primitiva cheia de vida e a borbulhar de novidades e ideias, o ensino não tem acompanhado o seu desenvolvimento. Encontra-se, possivelmente, mais perto do passado do que do futuro, o que é muito estranho quando falo com colegas como o Professor Fontes de Carvalho, que sempre se atualizaram e acompanharam tudo o que é evolução. Os portugueses começaram desde os primeiros anos da sua formação a viajar para congressos internacionais, a compreender e utilizar implantes dentários, a recorrer à endodontia mecanizada, a gerir os seus próprios negócios, a desenvolver os seus próprios produtos.
Como disse o Fernando Arrobas é surpreendente que a Expo esteja cheia de negócios onde não há CEOs médicos dentistas. Tal como temos médicos e farmacêuticos em toda a cadeia de valor de empresas da área da saúde, seja no desenvolvimento de produto, na venda, gestão ou marketing, porque não passamos também a ter médicos dentistas? E acrescento: como continua o nosso ensino tão desatualizado? Sem incluir uma série de vertentes clínicas modernas e a aprendizagem de habilidades adjacentes mas coexistentes à profissão, que nos permitiram optar por ajudar as pessoas de forma mais ampla?
Gostaria de ver as faculdades a seguir o exemplo dos médicos dentistas que as constituem: sendo guias incisivas da modernização e promovendo a reforma do plano curricular.
Talvez seja este o nosso caminho de maturidade.

 

Recomendado pelos leitores

Restauração de coroa unitária estética na maxila anterior
CLÍNICA

Restauração de coroa unitária estética na maxila anterior

LER MAIS

Elevação do seio transcrestal em pacientes com altura óssea residual inferior a 5 mm, baixa densidade óssea e baixo torque de inserção. Série de casos
CLÍNICA

Elevação do seio transcrestal em pacientes com altura óssea residual inferior a 5 mm, baixa densidade óssea e baixo torque de inserção. Série de casos

LER MAIS

Translate:

O JORNALDENTISTRY 117 MAIO 2024

O JORNALDENTISTRY 117 MAIO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.