O JornalDentistry em 2019-4-23

CONVIDADO

Alinhadores transparentes e estéticos – o futuro já começou...

A Ortodontia mudou! Mudança de paradigma

Com o passar dos anos a ortodontia tem procurado soluções para facilitar o movimento ortodôntico. Nas últimas décadas desenvolveu-se a biomecânica do deslizamento e os brackets autoligados passaram a liderar o mercado ortodôntico.

Pedro Costa Monteiro, Médico Dentista – Prática exclusiva em ortodontia

A baixa fricção e os fios de CuNiTi vieram ajudar os ortodontistas a conseguir resultados rápidos, com elevada eficiência e menor desconforto para os seus pacientes. 
Nos últimos 10 anos dediquei-me em exclusividade ao sistema Damon® e após dois mil casos tratados reconheço a mais valia das técnicas de baixa fricção e a capacidade que estas nos dão de, em menos tempo, com menos consultas de controlo e com baixo desconforto para os pacientes, atingir resultados surpreendentes tanto a nível facial como oclusal. 
Com o passar dos anos a ortodontia tem procurado soluções para facilitar o movimento ortodôntico. Nas últimas décadas desenvolveu-se a biomecânica do deslizamento e  os brackets autoligados passaram a liderar o mercado orto- dôntico. A baixa fricção e os fios de CuNiTi vieram ajudar os ortodontistas a conseguir resultados rápidos, com elevada eficiência e menor desconforto para os seus pacientes. 
Nos últimos 10 anos dediquei-me em exclusividade ao sistema Damon® e após dois mil casos tratados reconheço a mais valia das técnicas de baixa fricção e a capacidade que estas nos dão de, em menos tempo, com menos consultas de controlo e com baixo desconforto para os pacientes, atingir resultados surpreendentes tanto a nível facial como oclusal. 
Com o passar dos anos a ortodontia tem procurado soluções para facilitar o movimento ortodôntico. Nas últimas décadas desenvolveu-se a biomecânica do deslizamento e  os brackets autoligados passaram a liderar o mercado ortodôntico. A baixa fricção e os fios de CuNiTi vieram ajudar os ortodontistas a conseguir resultados rápidos, com elevada eficiência e menor desconforto para os seus pacientes. 
Nos últimos 10 anos dediquei-me em exclusividade ao sistema Damon® e após dois mil casos tratados reconheço a mais valia das técnicas de baixa fricção e a capacidade que estas nos dão de, em menos tempo, com menos consultas de controlo e com baixo desconforto para os pacientes, atingir resultados surpreendentes tanto a nível facial como oclusal. 
Há cerca de três anos resolvi aceitar o desafio da mudança. 
A demanda do mercado, a procura pelos pacientes, a vontade de evoluir fez-me procurar uma alternativa aos brackets. Resolvi ir para Espanha e com especialistas estudar o sistema Invisalign®, no qual já era certificado desde 2004. Encontrei uma alternativa aos brackets e fios tradicionais, que permite aos pacientes não alterar o seu estilo de vida, poder comer sem restrições, praticar qualquer instrumento musical de sopro e fazer desporto sem limitações. 
Com uma biomecânica diferente da que seguimos na ortodontia convencional, com formas de ancoragem diferentes, com a aplicação de forças ortodônticas em vários pontos do dente e com attachments desenhados e selecionados para cada tipo de movimento, é hoje possível tratar a maioria dos  casos com alinhadores transparentes, inclusive casos ortodôntico-cirúrgicos. 
Hoje, e após cerca de 300 casos em tratamento, posso afirmar que com a chegada dos alinhadores dentários a ortodontia efetivamente mudou, e para melhor! 

Estética, Conforto e Eficiência 
O tempo em que o desejo de obter um sorriso perfeito esbarrava no medo da dor, das aftas e pequenas lesões causadas pelos fios e brackets acabou. Muitos foram os pacientes que recusaram realizar tratamento ortodôntico pelo comprometimento estético que este acarretava. 
A grande maioria dos sistemas de brackets apresentou ao longo das últimas décadas resultados inegáveis mas o des- conforto físico, as limitações estéticas, as alterações na fala e nas rotinas de alimentação obrigaram a indústria a evoluir e encontrar soluções que permitam abranger mais pessoas. 

— Diagnóstico 3D a partir de tomografia computadorizada de feixe cónico;
— Modelos virtuais realizados com scanner intraoral, visualização de objetivos de tratamento realizadas em segun- dos por softwares avançados de OrthoCad;
— Desenho Digital do Sorriso;
— Impressão 3D.
Estas são algumas das características que descrevem os protocolos de diagnóstico e planeamento da Ortodontia atual.

 

Alinhadores transparentes                                                                                                              Capazes de alinhar os dentes, associando função e estética, os alinhadores dentários juntam os benefícios de realizar tratamento ortodôntico com uma técnica confortável, simples e agradável para o paciente. Atualmente, com base num diagnóstico correto e com um profissional devidamente credenciado e experiente, é possível corrigir todo o tipo de maloclusões com técnicas de alinhadores dentários. Exatamente como nas técnicas convencionais, há por vezes necessidade de recorrer a meios auxiliares tais como microimplantes ortodônticos, mini placas de ancoragem esquelética, elásticos intermaxilares para correções antero posteriores ou verticais.

 

Tratamentos “Taylor Made” 
Desenhados e fabricados de forma individualizada, os alinhadores são cortados exatamente à medida de cada dente e linha gengival, permitindo um encaixe e adaptação perfeita e tornando-se por isso praticamente imperceptíveis e com uma eficácia de movimento elevada. 
Ao ortodontista, ou médico dentista, cabe a responsabilidade de, através de software avançado, programar todo o tratamento do paciente e encontrar a posição dentária final desejada para cada dente. Através de controlos 3D é possível ao clínico desenhar todo o tratamento, definir a sequênciação de movimentos, gerir a ancoragem de cada caso, planear movimentos nas três dimensões do espaço para cada peça dentária. 
O facto de os alinhadores serem removíveis permite que a alimentação seja perfeitamente normal e sem restrições, permite uma higienização perfeita, evitando os acúmulos de placa bacteriana típico dos tratamentos com brackets e, no caso de desportistas, permite também a prática de desporto sem restrições. 

 

Previsibilidade 
Os casos, ao serem planeados antes de iniciar o tratamento e através de software avançado que projetam o resultado final, permitem tratamentos mais rápidos, com movimentos mais previsíveis e com maior controlo de cada movimento dentário nas três dimensões do espaço. 
Cada alinhador dentário pode ser usado durante 7 a 14 dias e movimentar dentes individualmente ou grupos de dentes. 
Como pode o médico dentista ou ortodontista iniciar a sua prática com alinhadores? 
É fundamental compreender que o tratamento com alinhadores implica um diagnóstico e plano de tratamento cuidado que deverá sempre ser feito por um ortodontista ou médico dentista certificado na técnica e com elevados conhecimentos de ortodontia. 
Mais do que a certificação de qualquer marca é importante o médico dentista fazer formação em ortodontia e especificamente em tratamentos com alinhadores, compreendendo a biomecânica associada a esta técnica, os limites e as especificidades da mesma. 

 

Artigo publicado na edição digital e impressa do "O JornalDentistry" de abril de 2019

 

Recomendado pelos leitores

SPEMD comemora cem anos num congresso onde o ensino convencional
CONVIDADO

SPEMD comemora cem anos num congresso onde o ensino convencional "não está morto"

LER MAIS

Translate:

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.