JornalDentistry em 2024-5-29

EVENTOS

Portugal recebe pela primeira vez evento mundial dedicado ao laser em medicina dentária

O 19th Laser Dentistry World Congress (ISLD) pretende dar a conhecer as características versáteis da utilização laser em medicina dentária e as vantagens para profissionais de saúde oral e pacientes. Evento decorre nos dias 6, 7 e 8 de junho, na Alfândega do Porto.

Profa. Dra. Ana Catarina Silva, Presidente Comissão Organizadora.

Quais são as principais preocupações e desafios para a organização do 19th Laser Dentistry World Congress?
— A organização de um congresso mundial foi algo que trouxe desafios e, sem dúvida, preocupações, desde a escolha do local para o evento, que deveria ter uma boa localização que permitisse um bom acesso para os participantes, ter uma infraestrutura adequada, e proximidade a hotéis e restaurantes. Por isso foi escolhida a Alfândega, por considerarmos que reúne todas as condições mencionadas. O marketing e a divulgação também foram uma preocupação, uma vez que é a primeira vez que em Portugal temos um evento mundial dedicado ao laser em medicina dentária, tema ainda pouco divulgado no nosso país, dando uma oportunidade única aos colegas portugueses para ficarem a conhecer melhor esta área com referências mundiais, sem terem de sair do país.
Aliás, para mim um dos principais objetivos de ter aceitado a organização deste congresso foi a possibilidade de divulgação do laser em medicina dentária em Portugal, das suas variadas aplicações e vantagens, assim como alertar para a necessidade de uma adequada formação para uma correta utilização do laser.

Quais foram os critérios de seleção dos oradores nacionais e internacionais?
— Na seleção dos oradores, nacionais e internacionais, convidamos colegas que são uma referência na sua área de atuação, tanto em termos clínicos como científicos, podendo, desta forma, partilhar a sua experiência com a utilização do laser e responder a dúvidas e questões de uma forma objetiva e prática. Tivemos também o cuidado de convidar colegas de diferentes áreas da medicina dentária, de forma a apresentar a diversidade de aplicação do laser, desde a Dentisteria, Cirurgia, Endodontia, Odontopediatria, Estética, só para mencionar algumas.

Que preocupações tiveram na preparação do programa científico, tendo em vista os palestrantes e as temáticas a abordar?
— Na elaboração do programa tivemos a preocupação de ter diversidade, como já referi, de abordar as várias áreas da medicina dentária em que podemos utilizar o laser, que são praticamente todas.
Considero que é muito importante, quase uma obrigação deste congresso, dar a conhecer toda a versatilidade da utilização do laser na medicina dentária como, por exemplo,
na remoção de cáries, uma vez que até há pouco tempo era apenas conhecido nesta área pela sua aplicação no branqueamento dentária e, eventualmente, na cirurgia. É necessário não só dar a conhecer, mas também mostrar as verdadeiras vantagens da sua utilização, seja na ótica do clínico, como na ótica do paciente.

Que expectativas tem relativamente ao número de participantes?
— Em termos de participantes, tendo em conta tratar-se de um congresso mundial, e pela primeira vez em Portugal, a expectativa é de cerca de 400-500 participantes, e temos de ter em conta o momento mundial que atravessamos, que poderá condicionar a deslocação de alguns colegas

Quais considera serem os mais recentes e impactantes avanços clínicos do laser na medicina dentária? E os mais recentes e impactantes avanços a nível de investigação?
— Nos últimos anos temos verificado o aparecimento de novos comprimentos onda de lasers de diodo a serem comercializados para a utilização em medicina dentária como, por exemplo, o “comprimento de onda azul” (445 a 450 nm), assim como uma evolução no sentido do desenvolvimento de pulsos com uma duração cada vez mais curta, o que permite diminuir a transmissão de calor aos tecidos adjacentes daqueles que estamos a trabalhar, já para não falar na evolução da tecnologia dos próprios equipamentos que são cada vez mais intuitivos em termos de utilização.
Em termos de investigação há uma crescente necessidade de entender e aprofundar o impacto do laser, não só no que conseguimos ver, mas também em termos biológicos e os verdadeiros mecanismos responsáveis por todas as vantagens da sua utilização, que visualmente podemos comprovar.

Verificámos que têm workshops preparados para os participantes que escolherem inscrever-se nos mesmos. Explique-nos melhor no que vão consistir e no porquê de terem escolhido esses temas.
— Temos dois workshops, um deles o “Introduction to the Diode Laser in Dentistry”, para quem pretender ter um primeiro contacto com o laser de Diodo, e ficar a conhecer os princípios básicos, as suas aplicações e vantagens. O outro debruça-se sobre um tema muito atual - “Orofacial Aesthetics with Laser Systems”-, uma vez que existe uma crescente procura de tratamentos estéticos com laser, sen- do necessário ter formação para podermos proporcionar os melhores tratamentos e com os resultados esperados.
Assistimos a uma crescente utilização do laser, mas é necessário possuir formação para podermos tirar o maior partido do equipamento e proporcionarmos tratamentos de qualidade em qualquer área de aplicação.

Os temas do congresso englobam a aplicação do laser em dentisteria, periodontologia, cirurgia, odontopediatria, harmonização facial/estética, endodontia, prostodontia, ortodontia, implantologia, medicina oral, dor orofacial e patologias do sono. A inteligência artificial já conquistou o seu lugar em algum destes temas? Como prevê que a IA vai alterar o futuro do LASER medicina dentária?
— A inteligência artificial está a ser cada vez mais utilizada na área da medicina, nomeadamente no que diz respeito ao auxílio no diagnóstico. No que diz respeito ao laser na medicina dentária, creio que poderá ser uma mais-valia para escolha, por exemplo, dos parâmetros a utilizar em determinado tratamento, tendo em conta as particularidades do paciente, o que pode ajudar a personalizar cada vez mais o tratamento que oferecemos aos pacientes, e permitir cada vez uma maior previsibilidade no pós-operatório e resultado esperado.

 

 

www.isldporto2024.com

 

 

Recomendado pelos leitores

Arouca recebe 7º Encontro APOMED-SP nos dias 21 e 22 de junho
EVENTOS

Arouca recebe 7º Encontro APOMED-SP nos dias 21 e 22 de junho

LER MAIS

Conheça o simpósio da Digital Dentistry Society no WDC24 com o Dr. Francesco Mangano
EVENTOS

Conheça o simpósio da Digital Dentistry Society no WDC24 com o Dr. Francesco Mangano

LER MAIS

“Ajustem as velas e naveguem em direção ao futuro da profissão”: I Congresso Internacional de IA na Medicina Dentária juntou centenas no Algarve
EVENTOS

“Ajustem as velas e naveguem em direção ao futuro da profissão”: I Congresso Internacional de IA na Medicina Dentária juntou centenas no Algarve

LER MAIS

Translate:

OJD 117 MAIO 2024

OJD 117 MAIO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.