O JornalDentistry em 2018-2-14

EVENTOS

SPED ROOKIES volta a apostar nos mais jovens como veículo para uma melhor medicina dentária

A SPED voltou a realizar o SPED Rookies, desta vez no distrito do Porto, onde mais uma vez deu voz aos profissionais mais jovens e promoveu uma elevada troca de experiências.

A multidisciplinaridade e diversidade de temas voltaram a ditar o tom do evento 

A Sociedade Portuguesa de Estética Dentária – SPED voltou a apostar nos mais jovens com uma terceira edição do SPED Rookies, que teve lugar no Hospital Escola da Universidade Fernando Pessoa (HE-UFP), em Gondomar, Porto, onde estiveram mais de 400 congressistas, no passado mês de dezembro. Esta última edição “superou todas as expetativas”, segundo adiantou a Dra. Patrícia Manarte Monteiro, presidente da comissão organizadora do evento a O JornalDentistry, salientando a forte procura tanto por profissionais, médicos dentistas e técnicos de prótese dentária, como de estudantes, que esgotaram as inscrições em apenas dois meses de divulgação do evento. 
Para a presidente da comissão organizadora do SPED Rookies 2017, “a área de reabilitação oral e estética está a ser alvo de grande interesse atualmente o que, em paralelo com o formato inovador do evento, se refletiu numa plateia cheia durante um dia inteiro dedicado à estética dentária”. 

Programa científico diversificado 
A marcar o programa científico do evento não estiveram apenas as conferências de elevado cuidado científico, mas também os cursos práticos, onde os participantes tiveram a oportunidade de colocar em prática técnicas no âmbito da dentisteria e reabilitação oral estética e da cirurgia plástica periodontal. 
A terceira edição do SPED Rookies teve em destaque “os procedimentos, dispositivos e produtos de saúde mais abrangentes”, segundo a Dra. Patrícia Manarte Monteiro, nomeadamente a utilização de dispositivos médicos de reabilitação oral e estética de forma unitária, bem como de reabilitação total, nos âmbitos clínico e laboratorial. “Destacaram-se os dispositivos para reabilitação coronal aplicados por técnicas diretas e indiretas e dispositivos médicos de suporte ósseo implantáveis e regeneração tecidular”, explicou a presidente da comissão organizadora. 
A importância do diagnóstico voltou a ser um dos temas fortes, devido ao seu papel determinante no planeamento e sucesso das reabilitações orais e estéticas. 

Digital deve ser entendido caso a caso 
O digital foi, mais uma vez, um dos principais alicerces do programa do evento, com direito a lugar de destaque nas palestras dos diversos oradores presentes ao longo do dia. “As tecnologias fazem parte do quotidiano da sociedade e da vida dos profissionais de reabilitação oral e estética, contribuindo, quando adequadamente aplicadas, para uma melhor comunicação entre profissionais de saúde e entre estes e os pacientes”, enalteceu a Dra. Patrícia Manarte Monteiro. Além da comunicação, o digital concede aos tratamentos dentários uma maior previsibilidade e precisão, ajudando tanto médicos dentistas como técnicos de prótese dentária a oferecer aos pacientes melhores tratamentos, mas sobretudo melhor qualidade de vida. No entanto embora aporte inúmeras vantagens, é fundamental, de acordo com a Dra. Patrícia Manarte Monteiro, “promover a discussão científica em torno das tecnologias”, sublinhando as suas vantagens, mas nunca esquecendo as suas “limitações técnicas e laboratoriais caso a caso”. 

Aposta nos mais jovens continuará em 2018 
A SPED começa o novo ano com uma certeza: é importante continuar a promover o que a Dra. Patrícia Manarte Monteiro denomina de “comunicação científico-cultural” entre gerações de profissionais distintas, bem como entre “médicos dentistas e técnicos de prótese dentária”. Deste modo, em 2018 a Sociedade Portuguesa de Estética Dentária quer continuar a apostar nos mais jovens para promover a discussão em torno da reabilitação oral estética e, para tal, está já a pensar no próximo SPED Rookies. Embora não tenha ainda data marcada, o próximo evento, adianta a médica dentista, terá “grandes surpresas que revelarão a continuidade do empenho da SPED na promoção da qualidade científica e profissional no âmbito da reabilitação oral e estética dentária”, tanto a nível nacional como internacional 

Reportagem completa publicada na edição digital de janeiro do

“O JornalDentistry” , páginas 39 e 40

Recomendado pelos leitores

Cursos  CEPI- 2º Semestre
EVENTOS

Cursos CEPI- 2º Semestre

LER MAIS

XVIII Congresso da APHO: Para onde caminha a profissão de Higienista Oral
EVENTOS

XVIII Congresso da APHO: Para onde caminha a profissão de Higienista Oral

LER MAIS

Fiabilidade e Previsibilidade em Implantologia Oral e Regeneração Óssea
EVENTOS

Fiabilidade e Previsibilidade em Implantologia Oral e Regeneração Óssea

LER MAIS

Translate:

OJD 52 JUNHO de 2018

OJD 52 JUNHO de 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.