O JornalDentistry em 2021-2-25

ARTIGOS

A doença periodontal aumenta o risco de eventos cardiovasculares mais graves

Pessoas com periodontite correm maior risco de sofrer grandes eventos cardiovasculares, de acordo com uma nova pesquisa do Forsyth Institute e cientistas da Universidade de Harvard.

A. — Image de inflamação do Periodontium B. — Imagem da inflamação aterosclerótica (as imagem form realizadas com PET/IC)

Em um estudo longitudinal publicado recentemente no Journal of Periodontology, o Dr. ThomasVan Dyke, membro sénior da equipe da Forsyth, e o Dr. Ahmed Tawakol do Massachusetts General Hospital, e  os seus colaboradores mostraram que a inflamação associada à doença gengival ativa era preditiva de inflamação arterial, que podem causar ataques cardíacos, derrames e outras manifestações perigosas de doenças cardiovasculares.

Para o estudo, os pesquisadores realizaram tomografia por emissão de pósitrons e tomografia computadorizada (PET e CT) em 304 indivíduos para visualizar e quantificar a inflamação nas artérias e gengivas de cada paciente. 

Em estudos de acompanhamento aproximadamente quatro anos depois, 13 desses indivíduos desenvolveram eventos cardiovasculares adversos e graves. A presença de inflamação periodontal mostrou ser preditiva de eventos cardiovasculares, mesmo após os pesquisadores controlarem todos os outros fatores de risco, como tabagismo, hipertensão, obesidade e diabetes.

É importante ressalvar que os pesquisadores descobriram que a perda óssea de doença periodontal anterior não estava associada a eventos cardiovasculares. Pacientes que não tinham gengivas ativamente inflamadas tinham um risco menor de doença cardiovascular - mesmo que esses indivíduos tivessem uma história anterior de doença periodontal, evidenciada por perda óssea periodontal nassuas tomografias computadorizadas.

"Isso está definitivamente relacionado às pessoas que têm doenças inflamatórias ativas", disse Van Dyke, que também é vice-presidente de pesquisa clínica e translacional da Forsyth.

Os pesquisadores levantam a hipótese de que a inflamação periodontal local ativa, mobiliza células de sinalização através da medula óssea, o que desencadeia a inflamação das artérias, levando a eventos cardíacos adversos.

Embora o tamanho da amostra do estudo seja relativamente pequeno, Van Dyke disse que a observação é significativa e deve ser estudada  numa população muito maior. E para pessoas com doença gengival ativa, procurar tratamento pode prevenir um evento cardíaco perigoso.

"Se está na faixa etária para doenças cardiovasculares ou tem doença cardiovascular conhecida, ignorar a sua doença periodontal pode ser perigoso e pode aumentar o risco de um ataque cardíaco", disse Van Dyke.

 

Fonte: MedicalXPress / Forsyth Institute

Artigo original MedicalXPress

 

Recomendado pelos leitores

Consequências catastróficas do Covid-19 na saúde oral
ARTIGOS

Consequências catastróficas do Covid-19 na saúde oral

LER MAIS

A saúde oral da mulher é afetada pelo ciclo menstrual, açúcar e tabagismo
ARTIGOS

A saúde oral da mulher é afetada pelo ciclo menstrual, açúcar e tabagismo

LER MAIS

A periodontite aumenta o risco de bactérias no sangue doado
ARTIGOS

A periodontite aumenta o risco de bactérias no sangue doado

LER MAIS

Translate:

OJD 83 ABRIL 2021

OJD 83 ABRIL 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.