O JornalDentistry em 2021-2-13

ARTIGOS

Bactérias que causam periodontite usam moléculas de crescimento de patógenos vizinhos para se desenvolverem

O corpo humano está cheio de bactérias amigáveis. No entanto, algumas como Veillonella parvula, uma bactérias pacíficas pode envolvem-se numa relação unilateral com o patógeno Porphyromonas gingivalis, ajudando o germe a multiplicar-se e a causar doenças gengivais,

Bactérias: Veillonella parvula e Porphyromonas gingivalis

 

O novo estudo foi conduzido pela University at Buffalo USA.

A pesquisa procurou compreender como o P. gingivalis coloniza a boca. O patógeno é incapaz de produzir as suas próprias moléculas de crescimento até atingir uma grande população no microbioma oral.

A resposta: Toma emprestadas moléculas de crescimento da V. parvula, uma bactéria comum, porém inofensiva, cujo crescimento não depende da população.

Numa boca saudável, a P. gingivalis compõe-se de uma quantidade minúscula de bactérias no microbioma oral e não se pode replicar. Mas se o microbioma oral crescer sem controle devido à má higiene oral, a V. parvula  multiplicar-se-á e, eventualmente, produzirá moléculas de crescimento suficientes para também estimular a reprodução de P. gingivalis.

Mais de 47% dos adultos com 30 ou mais anos têm alguma forma de periodontite, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Compreender a relação entre P. gingivalis e V. parvula ajudará os pesquisadores a criar terapias direcionadas para a periodontite, diz Patricia Diaz, DDS, PhD, pesquisadora principal do estudo e Professora no Empire Innovation in the UB School of Dental Medicine.

"Tendo trabalhado com P. gingivalis por quase duas décadas, sabíamos que era necessário um grande aumento de população para crescer, mas os processos específicos que impulsionam esse fenómeno não eram completamente compreendidos", diz Diaz, que também é diretora do UB Microbiome Center. "Ter como alvo o patógeno acessório V. parvula deve evitar que a P. gingivalis se expanda dentro da comunidade microbiana oral para níveis patogénicos."

O estudo, que foi publicado em 28 de dezembro no ISME Journal, testou os efeitos das moléculas de crescimento exsudadas por microrganismos na boca na P. gingivalis, incluindo moléculas de cinco espécies de bactérias que são prevalentes na gengivite, uma condição que precede a periodontite .

Das bactérias examinadas, apenas as moléculas de crescimento segregadas por V. parvula permitiram a replicação do P. gingivalis, independentemente da estirpe de cada micróbio. Quando a V. parvula foi removida do microbioma, o crescimento da P. gingivalis parou. No entanto, a mera presença de qualquer V. parvula não foi suficiente para estimular P. gingivalis, já que o patógeno é apenas incitado por uma grande população de V. parvula.

Os dados sugerem que a relação é unidirecional, pois V. parvula não recebeu nenhum benefício óbvio de compartilhar as suas moléculas de crescimento, diz Diaz.

"P. gingivalis e V. parvula interagem em muitos níveis, mas o beneficiário é P. gingivalis", diz Diaz, observando que V. parvula também produz heme, que é a fonte de ferro preferida da P. gingivalis.

"Esta relação que permite o crescimento de P. gingivalis não foi apenas confirmada num modelo pré-clínico de periodontite, mas também, na presença de V. parvula, a P. gingivalis poderia amplificar a perda óssea periodontal, que é a marca registada da doença", diz George Hajishengallis, DDS, PhD, co-investigator do estudo e  Thomas W. Evans Centennial , Professor na University of Pennsylvania School of Dental Medicine.

"Não está claro se os estímulos de promoção de crescimento produzidos pela P. gingivalis e V. parvula são quimicamente idênticos", disse Diaz. "Muito mais trabalho vai ser necessário para descobrir a identidade dessas moléculas."

A pesquisa foi financiada pelo National Institute of Dental and Craniofacial Research do National Institutes of Health.

Fonte: ScienceDaily/University at Buffalo

https://www.sciencedaily.com/releases/2021/01/210105160823.htm

 

Recomendado pelos leitores

Doença gengival associada a complicações COVID-19
ARTIGOS

Doença gengival associada a complicações COVID-19

LER MAIS

O Tabaco e a sua influência nas doenças Periodontais, Perioimplantares e Implantes  Dentários
ARTIGOS

O Tabaco e a sua influência nas doenças Periodontais, Perioimplantares e Implantes Dentários

LER MAIS

SARS-CoV-2 :  Porque é que os vírus sofrem mutação?
ARTIGOS

SARS-CoV-2 : Porque é que os vírus sofrem mutação?

LER MAIS

Translate:

OJD 81 FEVEREIRO 2021

OJD 81 FEVEREIRO  2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.