O JornalDentistry em 2019-7-23

ARTIGOS

Como os profissionais de medicina dentária podem ajudar pacientes com xerostomia

A xerostomia afeta até 65% da população, de acordo com a American Academy of Oral Medicine. (1) Muitos pacientes podem apresentar xerostomia e aceitá-la como parte de sua vida sem procurar tratamento ou mencioná-la a um profissional de saúde.

É importante reconhecer os sinais de xerostomia para ajudar a reduzir os sintomas dos pacientes e evitar as consequências que isso acarreta. 

A Xerostomia é a redução do fluxo salivar. A maioria da saliva é produzida pela glândula parótida, seguida pelas glândulas linguais e submandibulares. A saliva desempenha vários papéis na cavidade oral, e também transporta agentes de tamponamento para neutralizar o pH do ambiente oral, o que pode ajudar a prevenir a desmineralização da estrutura dentária e lesões de cárie. Protege a mucosa oral e a língua de irritantes, como bactérias e fungos. Por fim, limpa os dentes de pequenas partículas de comida.(1)A hipos salivação está associada a muitos fatores. De acordo com a American Dental Association, mais de 400 medicamentos causam boca seca como efeito colateral. (2) As prescrições mais conhecidas para causar boca seca são antipsicóticos, anticonvulsivantes, broncodilatadores e certos medicamentos para hipertensão. (2) Outros fatores que contribuem para o baixo fluxo de saliva são o envelhecimento, tabagismo, radioterapia no pescoço e na cabeça, e algumas doenças e condições como HIV / SIDA, diabetes, artrite reumatoide, disfunções tireoidianas e síndrome de Sjögren, para mencionar apenas algumas.(2) 

As manifestações orais da xerostomia incluem lábios secos ou rachados, feridas na boca, língua e mucosa fissuradas, fios salivares durante a fala, erosão do esmalte e cárie excessivas. Os sintomas descritos pelos pacientes são uma sensação de queimadura ou formigueiro da mucosa e da língua, dificuldade para engolir alimentos secos, mau hálito, alterações no paladar, sede e boca de algodão.(3) 

Depois de revisar o histórico médico e a lista de medicamentos do paciente, há muitos produtos que se podem recomendar. Para começar, uma ampla variedade de medicamentos de venda livre pode tratar os sintomas da xerostomia como elixires orais, pastilhas, sprays etc. A maioria dos produtos vendidos sem receita ajuda a estimular o fluxo salivar ou é usada como substituto da saliva e são normalmente usados conforme necessário ao longo do dia. 

Substitutos de saliva de prescrição, também estão disponíveis. A FDA aprovou dois medicamentos sistémicos que precisam prescrição médica um deles é a pilocarpina, que é um comprimido para tratar a secura oral associada à radioterapia, a outra é a cevimeline, uma pílula usada para tratar a secura oral associada à síndrome de Sjögren. O spray de prescrição mais recente disponível no mercado é o Xerostomia Relief Spray, que é a única solução à base de lipídeos que reveste a mucosa, a garganta e a língua para evitar a perda de água e restaurar a elasticidade. 

Os pacientes devem ser encorajados a receber uma aplicação em consultório de 5% de verniz fluoretado. Os cuidados domiciliares devem incluir um creme dental com flúor. Outras recomendações incluem usar protetor labial, bebericar água ou lamber cubos de gelo e evitar tabaco, álcool e alimentos salgados ou condimentados.(3) 

Profissionais de medicina dentária devem ficar de olho nos sinais de boca seca como medida preventiva e orientar os pacientes pelas muitas opções disponíveis para reduzir seus sintomas. Medicamentos de venda livre podem não ser uma solução para todos, e algumas tentativas e erros podem ser necessários para que os pacientes encontrem o melhor produto para tratar seus sintomas sem causar efeitos colaterais adicionais. 

 

Fonte:  Oral Cancer Foundation / www.dentistryiq.com

Autor: Jennifer Pettit, CRDH

Artigo OCF original: "How dental professionals can help patients with xerostomia"

 

Referencias:

(1) — Sankar V, Rhodus N; AAOM Web Writing Group. Xerostomia. American Academy of Oral Medicine website. https://www.aaom.com/index.php%3Foption=com_content&view=article&id=107:xerostomia&catid=22:patient-condition-information&Itemid=120. Updated October 15, 2015.

[2) — Center for Scientific Information; American Dental Association Science Institute. Xerostomia (Dry Mouth). American Dental Association website. https://www.ada.org/en/member-center/oral-health-topics/xerostomia. Updated August 27, 2018.

(3) — Sankar V, Rhodus N; AAOM Web Writing Group. Dry Mouth. American Academy of Oral Medicine website. https://www.aaom.com/dry-mouth. Updated October 15, 2015.

 

Recomendado pelos leitores

Factos sobre o cancro oral  e da  faringe
ARTIGOS

Factos sobre o cancro oral e da faringe

LER MAIS

Novo exame de sangue capaz de detetar vários tipos de cancro
ARTIGOS

Novo exame de sangue capaz de detetar vários tipos de cancro

LER MAIS

Na Saúde Oral, demasiada informação  traz desinformação
ARTIGOS

Na Saúde Oral, demasiada informação traz desinformação

LER MAIS

Translate:

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.