O JornalDentistry em 2018-9-04

ARTIGOS

DCD (1): Carcinoma escamoso orofaríngico é o cancro mais comum associado ao Vírus do Papiloma Humano (VPH)

Em 2015, o carcinoma epidermoide de orofaringe superou o cancro cervical como o cancro associado ao VPH mais comum nos EUA, com 15.479 casos entre homens e 3.438 casos entre mulheres, de acordo com dados do CDC publicados no Morbidity and Mortality Weekly Report.

O relatório também mostrou que as taxas de carcinoma espinocelular anal e cancro da vulva relacionados com VPH aumentaram nos últimos 15 anos, enquanto as taxas de cancro cervical relacionado com ao VPH e carcinoma de células escamosas vaginais diminuíram.
Segundo Elizabeth A. Van Dyne, MD, da divisão de prevenção e controle do cancro no National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion of the CDC, embora o tabagismo seja um fator de risco para cancro de orofaríngico, o consumo de tabaco está a diminuir nos Estados Unidos, e estudos indicam que o aumento do cancro de orofaríngico é atribuído ao VPH, e em contraste com o cancro do colo do útero, atualmente não há nenhuma triagem recomendada pela Força-Tarefa de Serviços Preventivos dos EUA para outros tipos de cancros associados ao VPH.
As tendências dos cancros relacionados a VPH incluem dados de registos de cancros entre 1999 e 2015 - Programa Nacional de Registos de Cancros do CDC e o programa SEER da NCI - abrangendo 97,8% da população dos EUA.
O CDC relatou 30.115 novos casos de cancros associados ao VPH em 1999, em comparação com 43.371 novos casos em 2015.
Durante o período do estudo, os pesquisadores observaram um aumento de 2,7% nas taxas de carcinoma epidermoide de orofaringe entre os homens e um aumento de 0,8% entre as mulheres. As taxas de carcinoma de células escamosas anais aumentaram 2,1% entre os homens e 2,9% entre as mulheres.
Entre as mulheres, os pesquisadores observaram uma redução de 1,6% no cancro cervical e uma redução de 0,6% nas taxas de carcinoma de células escamosas vaginais relacionadas com HPV. As taxas de carcinoma de células escamosas da vulva aumentaram em 1,3%.
As taxas de carcinoma epidermoide do pénis permaneceram estáveis entre 1999 e 2015.
Em geral, as taxas de cancro relacionados ao VPH variaram de acordo com idade e raça / etnia.
Pesquisadores observaram um aumento de 4% na taxa de carcinoma epidermoide da orofaringe entre homens com idade entre 60 e 69 anos, em comparação com um aumento de 0,8% entre homens com idade entre 40 e 49 anos.
Para o carcinoma espinocelular anal, os maiores aumentos ocorreram entre mulheres de 50 a 69 anos (4,6% a 4,8%) e homens de 50 a 59 anos (4%).
Vários fatores contribuem para o aumento da incidência de carcinomas orofaríngicos e anais de células escamosas, incluindo mudanças no comportamento sexual.
De acordo com os pesquisadores o sexo oral desprotegido e sexo anal recetivo são fatores de risco para a infeção por VPH, Os homens brancos têm o maior número de parceiros sexuais por via oral durante toda a vida e relatam o inicio do sexo oral em idade mais jovem em comparação com outros grupos raciais / étnicos. Esses fatores de risco podem estar a contribuir para uma taxa mais alta de carcinoma epidermoide da orofaringe entre os homens brancos do que noutros grupos raciais / étnicos.
As taxas de cancro cervical permaneceram estáveis entre as mulheres de 35 a 39 anos; entretanto, mulheres mais jovens e mais velhas demonstraram diminuições variando de 1,2% a 4,2%.
As taxas de carcinoma cervical diminuíram em todos os grupos raciais / étnicos, embora as diminuições parecessem mais proeminentes entre os hispânicos do que os não hispânicos (3,4% vs. 1,5%).
O declínio do câncer do colo do útero entre 1999 a 2015 representa uma tendência contínua desde a década de 1950, como resultado do rastreamento do cancro.
Mais pesquisas para entender a progressão da infeção pelo VPH para o cancro de orofaringe seriam benéficas. A vigilância contínua por meio de registos de alta qualidade é importante para monitorar as mudanças na incidência de cancro associada ao VPH
(1) - Centers for Disease Control and Prevention (CDC) USA . www.cdc.gov/


Fonte: Oral Cancer Foundation
Autor:  Cassie Homer

Artigo original OCF:  oralcancernews.org/wp/dcd-oropharyngeal-squamous-cell-carcinoma-now-and-most-common-hpv-associated-with-cancer/

 

Recomendado pelos leitores

Os antibióticos  destroem as “bactérias boas” piorando a infeção oral
ARTIGOS

Os antibióticos destroem as “bactérias boas” piorando a infeção oral

LER MAIS

Saúde oral deficiente ligada a pressão arterial elevada
ARTIGOS

Saúde oral deficiente ligada a pressão arterial elevada

LER MAIS

Quando começam a surgir os efeito do tabaco? Mais cedo do que se pensa
ARTIGOS

Quando começam a surgir os efeito do tabaco? Mais cedo do que se pensa

LER MAIS

Translate:

OJD 55 OUTUBRO de 2018

OJD 55 OUTUBRO de 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.