O JornalDentistry em 2021-6-15

ARTIGOS

Estudo mostra que o tabaco está associado ao desenvolvimento de bolsas periodontais

Um estudo realizado por Investigadores finlandeses e do Reino Unido confirmaram que os fumadores tem uma maior incidência de bolsas periodontais profundas do que os não fumadores.

O estudo também verificou os níveis do soro cotinina e encontrou uma associação positiva entre o nível deste e o desenvolvimento de bolsas periodontais. 

Sabe-se que o tabagismo tem um efeito causal na progressão da doença periodontal. O estudo realizado por investigadores da University of Eastern Finland em Kuopio, Oulu University Hospital na Finlandia e King’s College London no Reino Unido, mostram que os auto relatórios são o método mais comum de avaliação do consumo de tabaco de um indivíduo; todavia, a divulgação incorreta do estatuto do tabagismo e o nível de consumo do tabaco podem conduzir a dados inválidos nos estudos que analisam os efeitos do consumo de tabaco. Juntamente com a incidência de bolsas periodontais profundas, os investigadores avaliaram os níveis do soro cotinina dos participantes do estudo. O soro cotinina é o metabolito primário da nicotina e a sua medição é um biomarcador quantitativo fiável para a exposição a produtos de tabaco contendo nicotina. 

Um total de 294 participantes foram incluídos na análise, e o estado do tabagismo foi avaliado através de entrevistas domiciliárias, resultando na classificação dos participantes do estudo nos seguintes grupos: fumadores diários, fumadores ocasionais, desistentes e nunca fumadores. Os níveis do soro cotinina medidos utilizando a metodologia de radioimunoensaio de fase líquida, e foi realizado um exame clínico oral de seguimento, onde a profundidade dos bolsos periodontais foi avaliada utilizando a sonda periodontal da Organização Mundial de Saúde. 

Foram avaliados co-variáveis, incluindo os fatores sócio demográficos dos participantes, tais como educação, comportamento dentário e a higiene oral.

O investigadores verificaram que os participantes que desenvolveram bolsas periodontais ao fim de quatro anos eram eram homens, fumadores diários, menos instruídos e tinham níveis de soro cotinina ≥ 42,0 μg/L do que aqueles sem bolsa periodontal ao mesmo período”, . Após a adaptação dos fatores, observou-se um rácio de taxa de incidência (IRR) de 1,59 para os fumadores diários em comparação com os que não fumadores. Quase sem nenhum risco elevado para o desenvolvimento de bolsas periodontal foi encontrado em fumadores ocasionais e que deixaram de fumar. 

O estudo verificou que a exposição ao tabaco estava associada ao desenvolvimento de bolsas periodontais profundas. Os IRRs para a categoria mais alta (mais 20 cig/dia) variaram de 2,03 a 2,41. Num modelo totalmente ajustado, os cigarros/dia de 1 a 9 não estavam associados ao desenvolvimento de bolsas periodontais. 

Ao avaliar a precisão do estado de fumar autodeclarado, os investigadores encontraram uma forte correlação entre os fumadores diários e os níveis do soro cotinina e o número relatado de cigarros fumados. "Este estudo revela que o tabagismo está relacionado com a deterioração da saúde periodontal, independentemente de a medição do tabagismo se basear em auto relatórios ou no nível do soro cotinina, segundo os investigadores, salientando que o tabagismo autodeclarado era consistente com os níveis do soro cotinina encontrados nos participantes do estudo.

 

Fonte: University of Eastern Finland, Kuopio - Finlandia  

Artigo: "Effect of smoking on periodontal health and validation of self-reported smoking status with serum cotinine levels"

 

Recomendado pelos leitores

Estudo confirma que retração  gengival  aumenta risco de doença de Alzheimer
ARTIGOS

Estudo confirma que retração gengival aumenta risco de doença de Alzheimer

LER MAIS

TeledentistrIa: O próximo passo na evolução dos cuidados dentários
ARTIGOS

TeledentistrIa: O próximo passo na evolução dos cuidados dentários

LER MAIS

“Publish or Perish”
ARTIGOS

“Publish or Perish”

LER MAIS

Translate:

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.