O JornalDentistry em 2019-12-04

ARTIGOS

Ligação entre obesidade e a doença gengival

A obesidade e a doença periodontal estão entre as doenças não transmissíveis mais comuns nos Estados Unidos e estudos mostram que essas condições crónicas podem estar relacionadas.

Este novo estudo explora o efeito da obesidade nos cuidados periodontais não cirúrgicos e avalia os possíveis caminhos que podem ilustrar a conexão entre as duas condições.

A conexão entre obesidade e doença gengival não é tão simples quanto causa e efeito, disse Andres Pinto, professor de medicina oral e maxilofacial e ciências de diagnóstico da Faculdade de Medicina Dentária da Case Western Reserve University e coautor do estudo publicado no British Dental Journal.

Em vez disso, a relação centra-se no que ambas as doenças têm em comum: inflamação.

Examinando uma infinidade de estudos existentes, os pesquisadores descobriram que os dados que mostram o aumento do índice de massa corporal, a circunferência da cintura e a percentagem de gordura corporal estão associados a um risco aumentado de desenvolver periodontite. A maioria dos estudos analisou dados de subconjuntos populacionais num determinado momento, em vez de estudar a mesma população por um período mais longo.

Concluíram que mudanças na química do corpo afetam o metabolismo, o que, por sua vez, causa inflamação - algo presente nas duas doenças.

"A doença periodontal ocorre em pacientes mais suscetíveis à inflamação e que também são mais suscetíveis à obesidade. Essas informações podem auxiliar os profissionais de saúde a planear tratamentos para pacientes que sofrem de obesidade e/ou doença gengival.  Os profissionais de saúde oral precisam estar cientes da complexidade da obesidade para aconselhar seus pacientes sobre a importância do peso corporal adequado e manter uma boa higiene oral”. comentou o professor Andres  Pinto.

Também disse que são necessárias mais pesquisas sobre a relação entre doença gengival e a obesidade, observando que, neste momento, existem evidências limitadas para recomendar mudanças no planeamento do tratamento.

"Do ponto de vista clínico, existe um pensamento de que se tratar um dos problemas, isso poderá impactar o outro", afirmou. "Esta é a grande questão. Por exemplo, se tratarmos a obesidade com sucesso, isso terá impacto na doença periodontal a ponto de ser de relevância clínica em comparação à população controle. Ainda não há uma definição concreta  devido à escassez de ensaios clínicos controlados e bem projetados  nesse assunto."

Fonte: ScienceDaily/Case Western Reserve University

>> Link between obesity and gum disease <<

Recomendado pelos leitores

A ligação entre stresse, ansiedade e saúde oral
ARTIGOS

A ligação entre stresse, ansiedade e saúde oral

LER MAIS

Diabetes não detetados  e periodontite podem duplicar o risco de ataque cardíaco
ARTIGOS

Diabetes não detetados e periodontite podem duplicar o risco de ataque cardíaco

LER MAIS

Um novo método de tratamento dentário? Ativação de células-estaminais
ARTIGOS

Um novo método de tratamento dentário? Ativação de células-estaminais

LER MAIS

Translate:

OJD 68 DEZEMBRO 2019

OJD 68 DEZEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.