O JornalDentistry em 2019-3-28

ARTIGOS

Nova técnica poderá vir a ajudar a regenerar os tecidos destruídos por doença periodontal

Pesquisadores do ACS Nano, relatam o desenvolvimento de uma membrana que ajuda o tecido periodontal a regenerar-se quando implantado nas gengivas de ratos.

e acordo com os Centers for Disease Control and Prevention dos EUA, cerca de metade dos americanos sofrem ou virão a de doença periodontal. Caracterizada por gengivas inflamadas e perda óssea ao redor dos dentes, a condição pode causar mau hálito, dor de dente, gengivas sensíveis e, em casos graves, perda de dentes. 

.

Para regenerar  o tecido gengival  e  ósseo  perdido , os cientistas tentaram implantar pedaços de polímeros, criando um nincho para  proteger a raiz de um dente e redirecionaram  células-tronco próximas ajudando-as a se diferenciarem em novas células ósseas e de gengivas. Uma segunda cirurgia é geralmente necessária para remover a membrana polimérica, que pode atrapalhar o processo de cicatrização. Embora os pesquisadores tenham desenvolvido membranas biodegradáveis, esses materiais não funcionam  muito bem com o crescimento do tecido periodontal. 

Alireza Moshaverinia, Paul Weiss e seus colegas queriam desenvolver uma membrana que aumentasse a regeneração do tecido periodontal e fosse absorvida pelo corpo quando a cicatrização estivesse completa. 

Os pesquisadores fizeram membranas nanofibras de poli (ε-caprolactona), um polímero biocompatível já aprovado para aplicações médicas. Revestiram a membrana com poli dopamina (PDA), um polímero sintético que imita a proteína pegajosa que os mexilhões usam para se fixarem em superfícies húmidas. No laboratório, as células-tronco derivadas do dente aderiram à membrana e diferenciaram-se. O revestimento de PDA também atraiu iões de cálcio e fosfato, levando à mineralização óssea precoce. Quando os pesquisadores implantaram as membranas nas gengivas de ratos com problemas periodontais, os ossos nos locais problemáticos regeneraram-se para níveis normais no prazo de oito semanas. Por esta altura, as membranas tinham-se degradado e foram absorvidas pelos ratos. Atualmente, os pesquisadores estão trabalhando na adição de outros componentes à membrana que auxiliam na cura e previnem a infeção. 

Fonte: ScienceDaily/American Chemical Society

Autores: Mohammad Mahdi Hasani-Sadrabadi, Patricia Sarrion, Nako Nakatsuka, Thomas D. Young, Nika Taghdiri, Sahar Ansari, Tara Aghaloo, Song Li, Ali Khademhosseini, Paul S. Weiss, Alireza Moshaverinia. "Hierarchically Patterned Polydopamine-Containing Membranes for Periodontal Tissue Engineering"

Artigo original ScienceDaily:  "New technique could help regrow tissue lost to periodontal disease"

Recomendado pelos leitores

Estudo finlandês demonstra a presença no cérebro de vitimas de AVC de DNA de patógenos orais.
ARTIGOS

Estudo finlandês demonstra a presença no cérebro de vitimas de AVC de DNA de patógenos orais.

LER MAIS

Um exército de micro-robôs pode acabar com a placa dentária
ARTIGOS

Um exército de micro-robôs pode acabar com a placa dentária

LER MAIS

Diabetes não detetados  ligados  a ataque cardíaco e doença gengival
ARTIGOS

Diabetes não detetados ligados a ataque cardíaco e doença gengival

LER MAIS

Translate:

OJD 63 JUNHO 2019

OJD 63 JUNHO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.