JornalDentistry em 2023-8-22

ARTIGOS

O cancro de cabeça e pescoço relacionado ao VPH (Vírus do Papiloma Humano)

Pode haver dois "subtipos intrinsecamente diferentes" de cancro de cabeça e pescoço VPH positivo – um dos quais pode ser mais propenso a responder ao tratamento com radiação,

A pesquisa recente foi publicada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

"Somos os primeiros a descrever esses dois subtipos", disse o autor do estudo, Dr. Wendell Yarbrough, Thomas J. Dark, professor distinto de Otorrinolaringologia/Cirurgia de Cabeça e Pescoço no Centro de Cancro Lineberger da Universidade da Carolina do Norte, num comunicado à imprensa. "Usando esta pesquisa, podemos identificar firmemente dois grupos de pacientes e somos capazes de associar o seu subtipo de tumor com os resultados do tratamento."

Os pesquisadores descobriram uma diferença nos resultados entre pacientes com alta e baixa atividade de NF-kB. Vale ressaltar que o NF-kB é um biomarcador que ativa a expressão de genes pró-inflamatórios e desempenha um papel na regulação do inflamassoma (resposta a estímulos relacionados à infeção ou ao stresse), de acordo com os Institutos Nacionais de Saúde.

"Tumores com alta atividade de NF-kB foram mais responsivos à radioterapia potencialmente contribuindo para melhorar a sobrevida do paciente", disse Yarbrough. "Sabemos que há algo na ativação da via NF-kB que torna os tumores mais sensíveis à radioterapia, o que poderia explicar como e por que esses pacientes estão sobrevivendo melhor."

Essas descobertas, de acordo com os pesquisadores, podem ajudar a determinar quais pacientes devem ser submetidos a esses tratamentos agressivos e quais pacientes podem se sair melhor com uma abordagem diferente.

O carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço VPH-positivo é tipicamente tratado com uma combinação de altas doses de radiação e quimioterapia, embora este regime possa vir com efeitos colaterais a longo prazo, como dificuldades para engolir e má cicatrização.

"(Os carcinomas espinocelulares de cabeça e pescoço) são frequentemente tratados com radiação; as taxas de resposta e cura são maiores para pacientes com VPH (doença positiva) em comparação com VPH-negativo (carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço); no entanto, nossos dados sugerem que a maioria do benefício de sobrevida é atribuível ao subtipo de (carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço) com NF-kB altamente ativo", escreveram os autores.

Para conduzir a pesquisa, os autores do estudo analisaram dados de 104 pacientes com carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço positivo para VPH – um tipo de câncer de cabeça e pescoço que se desenvolve na membrana mucosa da boca, nariz e garganta. A infeção pelo vírus do papiloma humano (VPH), que pode ser prevenida com a vacina contra o VPH é um fator de risco de contrair cancro de cabeça e pescoço, com aproximadamente 26% dos pacientes com carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço tendo um diagnóstico relacionado ao VPH, de acordo com os Institutos Nacionais de Saúde.

De acordo com os autores, essas investigações apoiam a exploração de diferentes modalidades de tratamento entre pacientes com NF-kB – alto e NF-kB – baixo cancro de cabeça e pescoço.

"Acreditamos que nossos dados sugerem que esses dois grupos tumorais abrigam requisitos fundamentalmente diferentes para tumorigênese e manutenção do tumor", escreveram. "Como tal, esperamos que as fortes diferenças biológicas também apresentem oportunidades para explorar terapias direcionadas, que podem ser eficazes quando aplicadas com precisão a essas classes de tumores altamente distintas."

 


Fonte: Oral Cancer Foundation

Recomendado pelos leitores

Novo método para testar o cancro oral
ARTIGOS

Novo método para testar o cancro oral

LER MAIS

Microbioma oral e cancro: um olhar mais atento sobre as intrincadas interações do mundo oculto da boca
ARTIGOS

Microbioma oral e cancro: um olhar mais atento sobre as intrincadas interações do mundo oculto da boca

LER MAIS

Os higienistas orais como peça fundamental na prevenção da saúde oral
ARTIGOS

Os higienistas orais como peça fundamental na prevenção da saúde oral

LER MAIS

Translate:

O JORNALDENTISTRY 117 MAIO 2024

O JORNALDENTISTRY 117 MAIO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.