O JornalDentistry em 2019-8-28

ARTIGOS

Pesquisadores concentram-se numa nova classe de medicamentos contra o cancro oral

Pesquisadores da UT Health San Antonio identificaram uma potente nova classe de drogas anticancerígenas que tem como alvo as células do cancro da boca, deixando as outras células ilesas.

A nova classe de drogas também se mostrou promissora em parar outros tipos de cancro.

Em dois artigos recentes, uma equipe de pesquisa liderada por Cara Gonzales, D.D.S., Ph.D., desenvolveu uma nova classe de medicamentos amplamente conhecidos como análogos de capsazepina e testou-os contra cancros orais e outros tipos de cancros em estudos pré-clínicos e em animais.

 

Baixa taxa de sobrevivência no cancro oral avançado e recorrente

"Nosso principal objetivo era desenvolver drogas para o cancro e tratar eficazmente o cancro oral avançado e recorrente", comentou Gonzales, professora associado da School of Dentistry’sDepartment of Comprehensive Dentistry. 

"Isso é importante porque o cancro é uma doença mortal com uma taxa de sobrevivência de apenas 40. “O cancro oral raramente é diagnosticado em estágios iniciais quando podia ser curado. Cerca de 75 por cento dos pacientes chegam à clínica com a doença avançada, diminuindo drasticamente sua chance de sobrevivência “.

A pesquisa anterior da equipe mostrou que a capsazepina é um potente eliminador de cancro. A capsazepina é um primo sintético da capsaicina, a substância presente no chili e  que lhes dá calor. Enquanto estuda a dor do cancro oral, a equipe do Dr. Gonzales descobriu que a capsazepina tem atividade significativa de combate ao cancro através de um mecanismo de ação seletivo do cancro. Em colaboração com o Center for Innovative Drug Discovery, uma parceria da UT Health San Antonio e da Universidade do Texas em San Antonio, foram desenvolvidos análogos mais potentes de capsazepina com eficácia anticancerígena significativamente mais forte e testados em modelos de ratos com cancro oral e sem efeitos adversos sobre tecido saudável.

 

Dois trabalhos mostramos  progressos

Num artigo publicado na Bioorganic & Medicinal Chemistry em novembro, a equipe do Dr. Gonzales descreve o seu trabalho sintetizando 30 novos compostos cujas estruturas químicas foram baseadas no composto original, capsazepina. Os compostos foram então rastreados com base na sua capacidade para matar células cancerígenas orais em cultura. Os compostos de chumbo CIDD24, CIDD99 e CIDD111 foram validados em modelos de ratos com cancro humano.

Esses dados  e informaram sobre o trabalho pré-clínico em animal foi descrito no segundo artigo, publicado em março no Journal of Oral Pathology & Medicine. Esses estudos concentraram-se no composto de chumbo mais eficaz, o CIDD99. Este composto erradicou os tumores, deixando o tecido saudável normal inalterado. Um benefício adicional foi que o CIDD99 também sensibilizou as células do cancro oral para as quimioterapias tradicionais, o que significa que doses muito mais baixas de quimioterapia poderiam ser usadas com eficácia dramaticamente maior e menos efeitos colaterais.

 

Drogas eficazes contra outros tipos de cancro

O CIDD99 também foi eficaz contra um painel de outros tipos de cancro e, portanto, pode fornecer uma nova terapia para múltiplos cancros com menos efeitos colaterais do que as quimioterapias tradicionais. "À medida que avançamos nas pesquisa, descobrimos que o CIDD99 também é eficaz contra o cancro do pulmão de células não pequenas, o ancro de mama triplo negativo e as células do cancro de próstata", disse Gonzales.

“Esses resultados são muito empolgantes porque não foram desenvolvidos novos medicamentos em mais de 40 anos para tratar o cancro oral. Enquanto a imunoterapia funciona muito bem, só é eficaz em um pequeno grupo de pacientes. Nossos compostos podem fornecer uma nova classe de medicamentos que podem ser eficazes para todos os pacientes com cancro oral ”, acrescentou.

 

Pedido de Patentes das  três drogas

A UT Health San Antonio e a UTSA têm pedidos patente sobre as três drogas através do the Office of Technology Commercialization.

Fonte:   Oral Cancer Foundation /  UT Health San Antonio

Autor: Rosanne Fohn

Artigo OCF:  "Researchers zero in on new class of oral cancer drugs"

Recomendado pelos leitores

Pessoas com periodontite têm maior probabilidade de terem hipertensão
ARTIGOS

Pessoas com periodontite têm maior probabilidade de terem hipertensão

LER MAIS

Stressado ao máximo? O sono profundo pode reorganizar o cérebro ansioso
ARTIGOS

Stressado ao máximo? O sono profundo pode reorganizar o cérebro ansioso

LER MAIS

Os refrigerantes são o elo crucial entre a obesidade e o desgaste dos dentes
ARTIGOS

Os refrigerantes são o elo crucial entre a obesidade e o desgaste dos dentes

LER MAIS

Translate:

OJD 67 NOVEMBRO 2019

OJD 67 NOVEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.