O JornalDentistry em 2020-4-27

ARTIGOS

Que tipo de cancros orais aumentaram na última década?

De acordo com um relatório recente de pesquisadores do CDC publicado no Morbidity and Mortality Weekly Report a incidência de cancros da cavidade oral e faringe aumentou entre 2007 e 2016.

Este aumento ocorreu apesar das respetivas reduções na incidência de cancros noutros locais anatómicos. 

Os cancros da cavidade oral e da faringe compõem 3% dos cancros diagnosticados nos Estados Unidos a cada ano, com fatores de risco, incluindo consumo de tabaco, infeção por Vírus do Papiloma Humano (HPV) e ingestão excessiva de álcool. 

"O aumento geral parece ser impulsionado por aumentos nos cancros da amígdalas, na base da língua, na orofaringe e noutros cancros da cavidade oral e da faringe, que estão associados ao Vírus do Papiloma Humano (HPV), bem como pelos da gengiva e da parte anterior da língua" escreveram os autores.

 

Os números 

Em média, as taxas de incidência de cancro da cavidade oral e da faringe combinadas aumentaram 0,6% ao ano entre 2007 e 2016, com aumentos específicos seguintes: 

Cavidade oral e faringe (3,4%) 

Base da língua (1,8%) 

Anterior da língua (1,8%) 

Gengives (1,9%) 

Amígdala (2,4%) 

Orofaringe (1,9%) 

Para os seguintes cancros, no entanto, as taxas de incidência diminuíram: 

Palato mole e úvula (-3,7%) 

Palato duro (-0,9%) 

Base da boca (-3,1%) 

Lábio (-2,7%) 

Hipofaringe (-2,4%) 

Nasofaringe (-1,3%) 

É importante notar que a incidência de cancro da bochecha e de outros tipos de glândula salivar e orais, permaneceu inalterada.

Recomendado pelos leitores

De acordo  com uma nova pesquisa os Dentes servem como “arquivo da vida”
ARTIGOS

De acordo com uma nova pesquisa os Dentes servem como “arquivo da vida”

LER MAIS

Alguns meses de “Vaping” colocam pessoas saudáveis em risco de  doença oral
ARTIGOS

Alguns meses de “Vaping” colocam pessoas saudáveis em risco de doença oral

LER MAIS

Desenvolvimento de novo teste COVID-19 à base de saliva que muda de cor com resultados em 45 minutos
ARTIGOS

Desenvolvimento de novo teste COVID-19 à base de saliva que muda de cor com resultados em 45 minutos

LER MAIS

Translate:

OJD 75 JULHO 2020

OJD 75 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.