O JornalDentistry em 2021-5-27

ARTIGOS

SARS-CoV-2 pode entrar nos pulmões através das gengivas

À medida que a pandemia COVID-19 avança, mais se sabe sobre o vírus e a doença. Anteriormente, presumia-se que o SARS-CoV-2 só infectava os pulmões através das vias aéreas superiores. Atualmente surgiu outra hipótese de poder haver infeção através da cavidade oral

A hipótese foi formalmente publicada e que sugere que o vírus é transmitido também através de uma rota vascular da cavidade oral para os pulmões.

A equipe de pesquisa de cientistas do Salisbury District Hospital e da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, e do Instituto de Pesquisa boca/corpo em Los Angeles, nos EUA e cidade do Cabo, na África do Sul, propôs que a acúmulação de placas dentária e a inflamação periodontal tornem mais provável que o SARS-CoV-2 chegue aos pulmões através boca e cause casos mais graves de infeção.

Observações iniciais de tomografias pulmonares de pacientes que sofrem de doença pulmonar COVID-19 pelo consultor radiologista Dr. Graham Lloyd-Jones, autor principal da hipótese, levaram a uma colaboração entre pesquisadores médicos e médicos dentistas sobre a possível rota de entrada na corrente sanguínea.

O modelo da equipe propõe que a boca forneça um reservatório para o vírus prosperar na saliva e ao  evitar as defesas imunológicas orais facilita a entrada do vírus na corrente sanguínea. Movendo-se nos vasos sanguíneos das gengivas, o vírus tem a hipótese de passar pelas veias do pescoço e tórax para o coração antes de ser bombeado para as artérias pulmonares e pequenos vasos na base pulmonar e periferia.

O coautor Dr. Iain Chapple, professor de periodontia da Universidade de Birmingham, comentou: "Este modelo pode ajudar-no a entender por que alguns indivíduos desenvolvem doenças pulmonares COVID-19 e outros não. Também pode mudar a maneira como fazemos a gestão do vírus — explorando tratamentos baratos ou até mesmo gratuitos direcionados à boca e, em última instância, salvando vidas." 
"Estudos são urgentemente necessários para investigar melhor esse novo modelo, mas, enquanto isso, a higiene oral diária e o controle da placa não só melhorarão a saúde oral e o bem-estar, mas também poderão salvar vidas no contexto da pandemia", explicou Chapple. 
Essa descoberta poderia tornar a saúde oral eficaz uma ação potencialmente salvadora de vidas. Por essa razão, os pesquisadores recomendaram tomar medidas simples, mas eficazes e diárias para manter a higiene oral e reduzir fatores que contribuem para a doença periodontal, como o acumulação de placa. Essas medidas incluem o uso regular de elixires orais que poderiam ajudar a reduzir o risco de transmissão do vírus da boca para os pulmões naqueles com COVID-19 e ajudar a prevenir infeções graves. 
O estudo, intitulado “The COVID-19 pathway: A proposed oral-vascular-pulmonary route of SARS-CoV-2 infection and the importance of oral healthcare measures”, foi publicado online no Journal ofOral Medicine and Dental Research em abril de 2021.
 

Fonte: Genesis Publications

 

Recomendado pelos leitores

Complicações após terapia com implante dentário são comuns
ARTIGOS

Complicações após terapia com implante dentário são comuns

LER MAIS

Complicações orais provocadas pelo Vírus do Papiloma Humano (HIV)
ARTIGOS

Complicações orais provocadas pelo Vírus do Papiloma Humano (HIV)

LER MAIS

Pessoas com periodontite podem ter duas vezes mais probabilidades de serem hipertensos
ARTIGOS

Pessoas com periodontite podem ter duas vezes mais probabilidades de serem hipertensos

LER MAIS

Translate:

OJD 87 SETEMBRO 2021

OJD 87 SETEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.