O JornalDentistry em 2018-11-27

CLÍNICA

A Ortodontia pode tratar DTM? Estado da arte

A relação entre a Ortodontia e a Disfunção Temporomandibular (DTM) tem despertado interesse crescente na medicina dentária, sendo tema de discussões e controvérsias.

Nas décadas de 70 e 80, a oclusão era considerada o principal fator etiológico das DTM, sendo o tratamento ortodôntico uma medida terapêutica primária1. No final dos anos 80, as evidências começaram a demonstrar que não existia diferença nos sinais e sintomas de DTM entre os pacientes que foram tratados ortodonticamente e aqueles que não foram tratados.

Para ler o artigo completo clique em: OJDNOVEMBRO

Artigo publicado na edição impressa e digital de novembro de 2018  do "O JornalDentistry", da autoria de Dr. Eduardo Portela - Mestrado Integrado em Medicina Dentária na Faculdadede Medicina da Universidade de Coimbra;                 Pós-graduação em Ortodontia - Cervera Madrid e do  Prof. Doutor Fernando Almeida - Doutorado pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do   Porto; Diretor Clínico nas clinicas, Clínicas Dentárias Prof. Dr Fernando Almeida e Clínica Dentária Infante Sagres; Formador e coordenador nas áreas de Implantologia e Reabilitação Oral no Centro de Formação FA; Orador convidado de várias Conferências Nacionais e Internacionais; Autor de vários artigos científicos publicados em Revistas Nacionais e internacionais, páginas 18 e19.

Para ler a edição digital de novembro de 2018 clique aqui

Recomendado pelos leitores

Tratamento da mordida cruzada posterior unilateral num paciente adulto
CLÍNICA

Tratamento da mordida cruzada posterior unilateral num paciente adulto

LER MAIS

Translate:

OJD 64 JULHO 2019

OJD 64 JULHO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.