O JonalDentistry em 2020-3-08

NOTÍCIAS

A Medicina Dentária e a Diabetes

De acordo com um estudo os Médicos Dentistas podem desempenhar um papel importante no diagnóstico precoce do tipo 2 e pré-diabetes

Nova pesquisa sugere que  equipes medicina dentária  poderiam desempenhar um papel fundamental na identificação de pessoas com alto risco de desenvolver diabetes tipo 2, bem como na detecção precoce da condição em pessoas que não estão diagnosticadas,.

A revisão sistemática, liderada por pesquisadores da Universidade de Birmingham, descobriu que o uso de ferramentas de avaliação de risco, como questionários de pacientes e testes de sangue, do ponto de vista dos  cuidado de  medicina  dentária, poderia levar a melhores resultados para os pacientes e melhorar gestão da sua  condição.

A periodontite grave  está significativamente ligada ao diabetes tipo 2, uma condição que se acredita que afete aproximadamente 422 milhões de adultos globalmente (de acordo com a World Health Organização). Como o T2DM é assintomático em estágios iniciais, muitos indivíduos podem permanecer sem diagnóstico por muitos anos. No entanto, com vínculos estabelecidos entre o estado glicêmico comprometido e a saúde oral, os profissionais de medicina dentária podem ser vitais na identificação da condição.

O pesquisador-chefe Iain Chapple, Chefe da Faculdade de Medicina Dentária  da Universidade de Birmingham, disse: "Nossa revisão identificou atitudes positivas de médicos, médicos dentistas, pacientes e do público em relação à avaliação de riscos e detecção precoce de casos de diabetes e pré-diabetes dentro da medicina dentária. Os pacientes também apoiaram fortemente os testes que foram realizados  e que forneceram resultados imediatos.

"Isso não só demonstra que pode haver benefício no engajamento da medicina dentária para identificar desses casos, mas também mostra a necessidade de uma abordagem mais próxima nos caminhos assistenciais entre médicos e médicos dentistas."

O trabalho baseia-se em orientação internacional conjunta publicada no ano passado sobre doença gengival e diabetes, que recomenda caminhos de trabalho mais próximos entre profissionais de saúde oral e médicos, e um padrão de comissionamento emitido em 2019 pelo NHS England, estabelecendo uma visão para a implementação de tais práticas de trabalho conjunto. A equipe de Birmingham esteve fortemente envolvida com ambas as publicações

Fonte: Faculdade de Medicina Dentária  da Universidade de Birmingham

Recomendado pelos leitores

Update sobre o Covid-19 e investigação sobre possíveis tratamentos
NOTÍCIAS

Update sobre o Covid-19 e investigação sobre possíveis tratamentos

LER MAIS

Debate em streaming | Parceria FDC, Ordem dos Médicos, Ordem dos Farmacêuticos e APIFARMA
NOTÍCIAS

Debate em streaming | Parceria FDC, Ordem dos Médicos, Ordem dos Farmacêuticos e APIFARMA

LER MAIS

COVID-19 — OMD recomenda o adiamento  ou suspensão de consultas não urgentes
NOTÍCIAS

COVID-19 — OMD recomenda o adiamento ou suspensão de consultas não urgentes

LER MAIS

Translate:

OJD71 MARÇO 2020

OJD71 MARÇO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.