JornalDentistry em 2023-12-28

NOTÍCIAS

Fundação Champalimaud alia-se ao Grupo Greenvolt

A Fundação Champalimaud alia-se ao grupo Greenvolt para ser a 1.ª instituição de saúde no mundo a consumir 100% de energia limpa

—Fundação Champalimaud reforça compromisso com o ambiente e passa a consumir energia limpa
—Grupo Greenvolt instala 1.589 painéis solares fotovoltaicos no Centro Champalimaud, que irá também consumir energia limpa e mais barata gerada pela Greenvolt Comunidades
—Fundação Champalimaud será a primeira instituição de saúde a nível mundial a consumir energia 100% renovável num prazo de cinco anos

Após ter firmado uma parceria com a Philips com o objetivo de reduzir a metade as suas emissões de CO2, a Fundação Champalimaud junta-se agora ao Grupo
Greenvolt para alcançar a neutralidade carbónica. Com a energia gerada pelos painéis solares no Centro Champalimaud, bem como com a energia que vier a ser partilhada por outras comunidades da Greenvolt, vai passar a ser a primeira instituição de saúde a nível mundial a consumir apenas energia limpa.
Através da Greenvolt Comunidades, empresa do Grupo Greenvolt, será criada na Fundação Champalimaud uma Comunidade de Energia Renovável com uma capacidade de geração de energia a partir da irradiação solar de 861 kWp. Com os 1.580 painéis solares instalados na cobertura do Centro Clínico Champalimaud, sem qualquer impacto visual, será possível alcançar uma produção anual de 1.437 MWh de energia totalmente limpa, o que evitará a emissão anual de mais de 380 toneladas de CO2.
“A Fundação Champalimaud, além da excelência do trabalho desenvolvido na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças, pretende deixar a sua marca também na sociedade, contribuindo para a melhoria de qualidade de vida de todos”, diz João Manso Neto, CEO do Grupo Greenvolt. “Está a dar passos concretos nesse sentido, sendo que a Greenvolt Comunidades vai permitir-lhe dar um salto
no processo de transição energética rumo à neutralidade carbónica”, acrescenta.
Além da energia gerada pelos painéis solares instalados no Centro Clínico, a Fundação irá consumir também energia limpa e mais barata gerada por outras comunidades localizadas num raio de cerca de 4 Km, geridas pela própria Greenvolt Comunidades. Desta forma, num prazo de cinco anos, a instituição liderada será a primeira a nível mundial a consumir 100% de energia limpa. “A Greenvolt Comunidades irá, além de realizar a instalação, ser responsável pela sua operação e manutenção, bem como pela captação de novos membros produtores que partilhem a energia com a Fundação”, sublinha José Queirós de Almeida, CEO da Greenvolt Comunidades.
“Somos uma instituição que promove a saúde e presta cuidados aos doentes, pelo que se compreende que sejamos particularmente exigentes para que a nossa atividade não tenha consequências contrárias à nossa missão”, diz Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud. “Esta parceria com o Grupo Greenvolt vai ajudar-nos a dar um passo importante para reduzir a zero as nossas emissões, tornando-nos num exemplo de sustentabilidade no setor da saúde”, remata.
Com a Fundação Champalimaud, a Greenvolt Comunidades vem reforçar a sua posição de liderança neste novo modelo de geração e partilha de energia. A operar no mercado desde abril de 2022, a Greenvolt Comunidades, que resulta da decisão estratégica do Grupo Greenvolt de apostar napromoção da Geração Distribuída de energia renovável, tanto para autoconsumo como através do conceito de comunidades de energia, conta com cerca de 100 projetos de norte a sul do País,
correspondendo a mais de 50 MWp.

 

Recomendado pelos leitores

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa lidera na investigação científica portuguesa
NOTÍCIAS

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa lidera na investigação científica portuguesa

LER MAIS

Ana Sofia Lopes instaura Ação Administrativa de Contencioso Eleitoral contra a Ordem dos Médicos Dentistas
NOTÍCIAS

Ana Sofia Lopes instaura Ação Administrativa de Contencioso Eleitoral contra a Ordem dos Médicos Dentistas

LER MAIS

A FDI (World Dental Federation) defende a saúde oral na 77ª Assembleia Mundial da Saúde em Genebra
NOTÍCIAS

A FDI (World Dental Federation) defende a saúde oral na 77ª Assembleia Mundial da Saúde em Genebra

LER MAIS

Translate:

OJD 118 JUNHO 2024

OJD 118 JUNHO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.