O JornalDentistry em 2022-3-30

NOTÍCIAS

Mês de Consciencialização do Cancro Oral começa em abril

A cada hora, 24 horas por dia, 365 dias por ano, alguém morre de cancro oral ou orofaringe (cancro da parte de trás da cavidade oral e da garganta superior).

No entanto, se o cancro oral for detetado e tratado precocemente, os problemas de saúde relacionados com o tratamento são reduzidos e as taxas de sobrevivência podem aumentar.
Este ano, estima-se que serão diagnosticados nos EUA 54.000 novos casos de cancro oral. Desses indivíduos, 43 por cento não sobreviverão mais do que cinco anos, e muitos dos que sobrevivem sofrem de problemas a longo prazo, como desfiguração facial grave ou dificuldades em comer e falar. A taxa de mortalidade associada aos cancros orais e da orofaringe continua a ser particularmente elevada porque os cancros são descobertos rotineiramente no final do seu desenvolvimento.
Em abril deste ano, quando a nação (EUA) observa o 23º Mês Anual de Sensibilização para o Cancro Oral, a Academia Geral de Medicina Dentária Geral, a Academia Americana de Patologia Oral e Maxillofacial, a Academia Americana de Radiologia Oral e Maxillofacial, a Associação Americana de Cirurgiões Orais e Maxillofaciais, a Academia Americana de Medicina Oral, a Academia Americana de Periodontologia, o Colégio Americano de Prostodontia,  A American Dental Hygienists Association, a Canadian Dental Hygiene Association e a California Dental Hygienists's Association estão novamente a aderir à Fundação sem fins lucrativos do Cancro Oral na sua campanha para sensibilizar para a oportunidade de rastreios do cancro oral, e a importância da deteção precoce.
Os exames regulares de cancro oral realizados pelo  profissional de saúde oral continuam a ser o melhor método para detetar o cancro oral nas suas fases iniciais.
 
Esteja atento aos sintomas: Público instado a "verificar a boca"
Pelo quarto ano consecutivo, os esforços da Fundação e das associações dentárias acima citadas serão reforçados pela iniciativa Check Your Mouth da Fundação para o Cancro Oral.
Verifique a Sua Boca incentiva o público a verificar regularmente se há sinais e sintomas de cancro oral entre visitas dentárias em casa, e a consultar um médicol dentista se não melhorar ou desaparecer após duas ou três semanas.
Os sinais e sintomas de cancro oral predominantemente causados pelo uso do tabaco e/ou pelo consumo excessivo de álcool podem incluir um ou mais dos seguintes:
◦ Qualquer ferida ou ulceração que não cure no prazo de 14 dias.
◦ Uma descoloração vermelha, branca ou preta dos tecidos moles da boca.
◦ Qualquer anormalidade que sangre facilmente quando tocada (friable).
◦ Um caroço ou ponto duro no tecido, geralmente na borda da língua (induração).
◦ Tecido erguido acima do que o rodeia; um crescimento (exofistico).
◦ Uma ferida sob uma dentadura, que mesmo após o ajuste da dentadura, não cicatriza.
◦ Um caroço ou espessamento que se desenvolve na boca.
◦ Um nódulo indolor, firme e fixado no lado de fora do pescoço, que está lá há pelo menos duas semanas.
◦ Todos os sintomas acima têm a comunhão de ser persistente e não resolver.
Os sinais e sintomas do cancro orofaringe causado pelo HPV podem incluir um ou mais dos seguintes (que podem persistir por mais de duas ou três semanas):
◦ Rouco ou dor de garganta que não se resolve dentro de algumas semanas.
◦ uma amígdala inchada de um lado. Isto normalmente é indolor.
◦ Um nódulo indolor, firme e fixado no lado de fora do pescoço, que está lá há pelo menos duas semanas.
◦ Uma tosse persistente que não se resolve após muitos dias.
◦ dificuldade em engolir; uma sensação de que a comida está a ficar presa na garganta.
◦ Uma dor de ouvido de um lado (unilateral) que persiste por mais de alguns dias.
◦ Todos os sintomas acima têm a comunhão de ser persistente e não resolver.
Ligue sempre para o seu dentista imediatamente se houver alguma preocupação imediata.
 
Fatores de risco
A investigação identificou uma série de fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de cancros orais e da orofaringe.
Historicamente, aqueles com um risco especialmente elevado de desenvolver cancro oral têm sido bebedores pesados e fumadores com mais de 50 anos, mas hoje o cancro também ocorre mais frequentemente em pessoas que não fumam devido ao HPV16, o vírus mais frequentemente associado ao cancro do colo do útero. Cerca de 10% dos cancros orais ocorrem em indivíduos sem fatores de risco conhecidos. Não partilham comunhões percetíveis, e podem ser devidos a uma fragilidade genética não identificada ainda por descobrir.
O o vírus do papiloma humano sexualmente transmitido 16 (HPV) está relacionado com a incidência crescente do cancro orofaringe (mais frequentemente envolvendo tecido linfóide que ocorre nas amígdalas ou na base da língua). Aproximadamente 99% das pessoas que desenvolvem uma infeção oral de HPV fivarão livres do  vírus sem ser necessária fazer nada.
Em aproximadamente um por cento dos indivíduos, o sistema imunológico não limpará o vírus e pode ficar adormecido durante décadas antes de potencialmente causar um cancro. Isto ocorre principalmente numa população não fumadora sendo a insidencia 4 x superior nos homens.
Este exame seja feito  rotineiramente em todos os  check-ups dentários.

Para obter mais informações sobre o cancro oral e o seu diagnóstico e tratamento, visite  o site principal da Oral Cancer Foundation em www.oralcancer.org
 
Sobre o Mês de Consciencialização do Cancro Oral (EUA)
Em abril, a maioria das principais associações dentárias do país juntam-se à Oral CAncer Foundation para sensibilizar para os cancros orais e da orofaringe. Muitos profissionais de medicina dentária de todo o país abrem os seus escritórios para fazer rastreios gratuitos ao público durante o mês de abril em cada ano.
Este é um importante lembrete para o público de que quando estes cancros são detetados e tratados precocemente, a mortalidade e os problemas de saúde relacionados com o tratamento são reduzidos.
 

Recomendado pelos leitores

Egas Moniz no primeiro lugar do ranking* das universidades privadas em Portugal em 2022
NOTÍCIAS

Egas Moniz no primeiro lugar do ranking* das universidades privadas em Portugal em 2022

LER MAIS

Faleceu médico dentista português em Bali
NOTÍCIAS

Faleceu médico dentista português em Bali

LER MAIS

Mais de metade dos jovens médicos dentistas estão descontentes com a profissão
NOTÍCIAS

Mais de metade dos jovens médicos dentistas estão descontentes com a profissão

LER MAIS

Translate:

OJD 94 ABRIL 2022

OJD 94 ABRIL  2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.