O JornalDentistry em 2021-12-09

NOTÍCIAS

Novo tratamento para cancro oral associado ao Vírus do Papiloma Humano

Investigadores da Mayo Clinic descobriram que um novo tratamento mais curto para pacientes com cancro da orofaringe associado ao VPH conduz a um excelente controlo da doença e a menos efeitos secundários, em comparação com o tratamento padrão.

O novo tratamento emprega cirurgia minimamente invasiva e metade da dose padrão de radioterapia, em comparação com os tratamentos atuais. O novo tratamento também dura duas semanas, em vez das seis semanas padrão.

Os resultados de um estudo do novo tratamento foram apresentados em outubro, no American Society for Radiation Oncology’s Annual Meeting.

"O cancro da garganta causado pelo HPV é um dos tipos de cancro que mais cresce nos Estados Unidos", diz Daniel J. Ma, M.D., oncologista  da Clínica Mayo e autor do estudo.

O Dr. Ma diz que, embora o tratamento padrão para este tipo de cancro conduza a altas taxas de cura, também pode resultar em muita toxicidade devido ao  tratamento a curto e longo prazo, incluindo boca seca, problemas de deglutição, rigidez do pescoço e problemas com a mandíbula.

"Muitos destes efeitos secundários estão diretamente ligados à quantidade de radiação usada no tratamento", diz o Dr. Ma.

O Dr. Ma e os seus colegas desenvolveram um ensaio clínico inicial para um novo tratamento usando uma cirurgia minimamente invasiva e metade da dose padrão de radiação. O ensaio clínico inicial demonstrou que os pacientes bem selecionados poderiam ter um excelente controlo da doença com uma toxicidade muito menor usando o novo tratamento.

"As nossas descobertas sugerem que em pacientes selecionados com cancro da orofaringe associada ao HPV um tratamento de curso mais curto, em comparação com o padrão de cuidados, produz um resultado semelhante", diz o Dr. Ma. Com base nestes resultados da fase 3, a Mayo Clinic adotou este tratamento  mais curto como o seu padrão de cuidados para pacientes bem selecionados.

O Dr. Ma e os seus colegas estão agora a desenvolver futuros ensaios clínicos que irão testar se é possível combinar doses mais baixas de radiação com outras estratégias de tratamento, como a terapia do feixe de protões, para reduzir ainda mais a toxicidade aos pacientes.

 

Sobre o Centro de Cancro da Mayo Clinic

 No Mayo Clinic Cancer Center, a cultura de inovação e colaboração está a impulsionar avanços na investigação que estão a mudar abordagens para a prevenção, rastreio e tratamento do cancro, e melhorar a vida dos sobreviventes do cancro.


Fonte:  Oral Cancer Foundation/ Mayo Clinic

Artigo OCF

Recomendado pelos leitores

Portugal não tem capacidade para mais mestrados integrados de medicina dentária
NOTÍCIAS

Portugal não tem capacidade para mais mestrados integrados de medicina dentária

LER MAIS

As três grandes causas de cancro da boca
NOTÍCIAS

As três grandes causas de cancro da boca

LER MAIS

Universidade de Coimbra
NOTÍCIAS

Universidade de Coimbra

LER MAIS

Translate:

OJD 91 JANEIRO 2022

OJD 91 JANEIRO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.