O JornalDentistry em 2018-11-26

NOTÍCIAS

Uma boa saúde oral reduz reduz o risco de diabetes

• As pessoas com doença das gengivas têm 20-30% maior risco de diabetes • A diabetes não controlada triplica a probabilidade de aparecimento de doença das gengivas • O sucesso do tratamento da doença das gengivas reduz os níveis de açúcar no sangue

Uma boa higiene oral reduz o risco de diabetes. Esta é uma das principais mensagens da campanha Perio & Diabeteslançada hoje no dia mundial da Diabetes, pela Federação Europeia de Periodontologia (EFP).

A doença das gengivas e a diabetes são condições crónicas que aumentam com a idade. A relação entre as duas patologias é bidirecional. Pensa-se que o processo inflamatório é a conexão – de facto, a doença das gengivas é a doença inflamatória mais comum.

As doenças das gengivas (periodontais) incluem a gengivite (gengiva inflamada) e a periodontite (inflamação das gengivas e das estruturas que suportem o dente). Cerca de 50% das pessoas com mais de 30 anos têm periodontite. Esta doença, se não tratada, causa perda de dentes e é este tipo de doença das gengivas que está relacionada com a diabetes.

 

Os factos:

•     A doença das gengivas aumenta o risco de diabetes em 20-30%.

•     A diabetes não controlada triplica a probabilidade de aparecimento de doença das gengivas.

•     As pessoas com diabetes têm pior controlo do açúcar no sangue, mais complicações no coração, cérebro, olhos e fígado, e menor esperança de vida, se adicionalmente têm doença das gengivas. (1)

•     O sucesso do tratamento da doença das gengivas reduz os níveis de açúcar no sangue. (2)

 

Sinais de alarme da doença das gengivas:

•     Gengivas vermelhas, inchadas, a sangrar e retraídas.

•     Maiores espaças entre os dentes, dentes a abanar.

•     Mau hálito e mau sabor.

 

O Professor Filippo Graziani, Presidente da EFP refere: “ Sangrar das gengivas não é normal – não confie só no seu elixir, visite o seu dentista. Quanto mais cedo detectarmos a periodontite, melhor.”

 

Como prevenir a doença das gengivas:

•     Limpe entre os dentes, todos os dias, com um escovilhão ou com fio dentário.

•     Escove os seus dentes pelo menos durante 2 minutos, duas vezes ao dia.

•     Evite fumar; coma comida saudável, rica em fruta e vegetais e poucos açucares, e faça exercício.

•     Visite o seu dentista duas vezes por ano.

•     Controle o açúcar no sangue se tiver diabetes.

O Professor Graziani afirma: “Limpar entre os dentes é a forma mais eficaz de prevenir a periodontite.” “Adicionalmente, escove os dentes no mínimo durante dois minutos, duas vezes ao dia, com uma escova elétrica. A maioria das pessoas escova durante 35 a 40 segundos, o que é insuficiente. Todas as bocas são diferentes e um dentista ou higienista deve informa-lo da forma adequada para conseguir os melhores resultados. Não fume – a maioria das doenças das gengivas ocorrem em fumadores”

O Professor Antonio Ceriello, diabetologista na MultiMedica, em Milão, Itália refere: “Os doentes com diabetes tipo 1 e 2 que têm  preocupação com os seus dentes, têm melhor controlo da diabetes e menos complicações a longo-prazo. Este facto, inclui jovens com diabetes tipo 1. Controle a suas gengivas e os seus dentes regularmente e visite o seu dentista duas vezes por ano.” (3)

O Dr. Dániel Végh, dentista na Universidade Semmelweis, em Budapeste, Hungria e representante regional para a Europa do programa da Federação Internacional da Diabetes, refere, como doente com diabetes tipo 1: “ A minha rotina inclui escovar, limpar entre os dentes  e bochechar, pelo menos duas vezes ao dia. Não consigo ver todas as zonas da minha boca ao espelho e, por isso, visito o meu dentista duas vezes por ano, para uma avaliação e destartarização. Vou a consultas adicionais se alguma zona da minha boca sangra.”

A Dra. Marzia Massignani, diretora de assuntos científicos e comunicação da SUNSTAR afirma: “ Na SUNSTAR acreditamos numa abordagem holística para a saúde. Durante mais de trinta anos, apoiámos investigação relativa à relação bidirecional entre a diabetes e a doença periodontal. A parceria neste projeto foi um passo natural em direção ao preenchimento da nossa missão de educação neste campo.” 

Para mais informação sobre a relação entre a doença das gengivas e a diabetes, por favor visite o sitio Perio & Diabetes, onde pode encontrar folhetos para os doentes, o público, os meios de comunicação social, os profissionais da área da saúde e os responsáveis políticos.

 

Perio & Diabetes: www.perioanddiabetes.efp.org  

 

Referências

1)Graziani F, Gennai S, Solini A, et al. A systematic review and meta-analysis of epidemiologic

observational evidence on the effect of periodontitis on diabetes An update of the EFP-AAP review. J Clin Periodontol. 2018;45:167–187. doi: 10.1111/jcpe.12837.

2)Madianos PN, Koromantzos PA. An update of the evidence on the potential impact of periodontal

therapy on diabetes outcomes. J Clin Periodontol. 2018;45:188–195. doi: 10.1111/jcpe.12836.

3)Sanz M, Ceriello A, Buysschaert M, et al. Scientific evidence on the links between periodontal diseases and diabetes: Consensus report and guidelines of the joint workshop on periodontal diseases anddiabetes by the International Diabetes Federation and the European Federation of Periodontology. J Clin Periodontol. 2018;45:138–149. doi: 10.1111/jcpe.12808.

 

O Projeto Perio & Diabetes 

O Projeto Perio & Diabetes, uma colaboração entre a Federação Europeia de Periodontologia e a SUNSTAR, promove a consciência da importância da relação entre as doenças periodontal e a diabetes, explicando como estas duas patologias podem ser tratadas em conjunto.

 

A Federação Europeia de Periodontologia

A Federação Europeia de Periodontologia (EFP) é uma organização que inclui 30 sociedades nacionais, dedicada à promoção da investigação, educação e consciencialização da base científica e prática clínica da Periodontologia.  Engloba 14,000 dentistas e outros profissionais de saúde oral, na Europa, Norte de África e Médio Oriente.

 

A SUNSTAR

A SUNSTAR trabalha em quatro sectores em crescimento com o objetivo de construir uma melhor saúde no futuro: saúde oral, saúde e beleza, ambiente saudável e suporte de segurança e alta tecnologia.

Contacto com os meios de comunicação social: 

Jackie Partarrieu

press@efp.org

+336 2314 5784 

Recomendado pelos leitores

Médico dentista entre as 10 profissões que provocam mais dores de costas
NOTÍCIAS

Médico dentista entre as 10 profissões que provocam mais dores de costas

LER MAIS

Orlando Monteiro da Silva assume a presidência da FEDCAR com o Brexit no topo da agenda
NOTÍCIAS

Orlando Monteiro da Silva assume a presidência da FEDCAR com o Brexit no topo da agenda

LER MAIS

Mariana Dolores abraça direção da ONGD Mundo A Sorrir
NOTÍCIAS

Mariana Dolores abraça direção da ONGD Mundo A Sorrir

LER MAIS

Translate:

OJD 59 FEVEREIRO 2019

OJD 59 FEVEREIRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.