O JornalDentistry em 2019-4-09

ARTIGOS

Como o álcool se compara ao tabaco em termos de risco de cancro?

Todo a gente sabe, hoje em dia, sobre os riscos de cancro associados ao consumo de cigarros. Talvez não muitos entendam que o consumo de álcool também representa um risco elevado para o desenvolvimento de cancro.

Um novo estudo, no entanto, comparou e quantificou esses riscos em num relatório, sugerindo que beber uma única garrafa de vinho por semana pode ter o equivalente risco de cancro de pelo menos cinco cigarros. 

A autora do estudo, Dra. Theresa Hydes, comenta: “Está bem estabelecido que o consumo excessivo de álcool está ligado ao cancro de boca, garganta, cordas vocais, intestino, fígado e mama. No entanto, ao contrário do tabagismo, isso não é amplamente compreendido pelo público ”. 

Segundo o National Cancer Institute, os dados mostram que existem "padrões claros" relacionados ao consumo de álcool e ao desenvolvimento de vários tipos de cancro: fígado, colorrectal, esófago, mama e da cabeça e pescoço. Essencialmente, quanto mais se bebe, maior o risco de desenvolver cancro. No entanto, o estudo também sugere que mesmo o consumo moderado de bebidas (uma ou menos bebidas por dia, ou até 7 por semana) têm aproximadamente o mesmo risco moderadamente elevado que os consumidores compulsivos (consumo esporádico de pelo menos quatro porções numa sessão). 

A partir desses dados, uma equipe britânica de pesquisadores da Universidade de Southampton, Universidade de Bangor e do Hospital Universitário de Southampton NHS Foundation Trust investigou os dados, particularmente sobre como o consumo de álcool pode ser comparado ao tabagismo. Analisando dados retirados do Cancer Research UK - sobre o risco de cancro em toda a população em geral - e dados obtidos de pacientes com cancros ligados especificamente ao tabaco ou álcool, calcularam a probabilidade de desenvolver cancro entre homens e mulheres. Descobriram que dos 1.000 homens não-fumadores que bebiam uma garrafa de vinho durante a semana, pelo menos mais 10 desenvolveriam cancro durante a vida. Para as mulheres, o número era de 14. Isso equivale a fumar 5 a 10 cigarros por semana, respetivamente, e, lembre-se, é uma estimativa. 

O Dr. Hydes prossegue dizendo: “Esperamos que, ao usar o cigarro como comparador, possamos comunicar essa mensagem de forma mais eficaz para ajudar as pessoas a fazerem escolhas de estilo de vida mais informadas. Devemos ter absoluta clareza de que este estudo não está a dizer que beber álcool com moderação é equivalente ao tabagismo. As descobertas estão relacionadas ao risco vitalício em toda a população ”.

Fonte: Oral Cancer Foundation / rocklandregister.com

Artigo original OCF: "How does alcohol compare with tobacco in terms of cancer risk?"

 

 

Recomendado pelos leitores

Estudo finlandês demonstra a presença no cérebro de vitimas de AVC de DNA de patógenos orais.
ARTIGOS

Estudo finlandês demonstra a presença no cérebro de vitimas de AVC de DNA de patógenos orais.

LER MAIS

Um exército de micro-robôs pode acabar com a placa dentária
ARTIGOS

Um exército de micro-robôs pode acabar com a placa dentária

LER MAIS

Twitter dá uma visão sobre o conhecimento do cancro oral associado ao VPH
ARTIGOS

Twitter dá uma visão sobre o conhecimento do cancro oral associado ao VPH

LER MAIS

Translate:

OJD 63 JUNHO 2019

OJD 63 JUNHO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.