O JornalDentistry em 2018-5-22

ARTIGOS

Olá 25/5 :-) Estamos prontos?

Saiba como “O JornalDentistry” se preparou para as novas regras sobre privacidade de dados.

Com grande probabilidade, o leitor chegou a este artigo porque recebeu a nossa habitual newsletter editorial. A pergunta que, legitimamente, pode colocar é:
- como é que o JornalDentistry  garante a privacidade dos dados dos seus leitores? 

Acreditamos que eles estão seguros connosco, tanto quanto o “estado da arte” o permite. 
Mais importante, o dia 25 de maio não muda o que sempre foi a política da editora, de lealdade e verdade para com os seus leitores. 

Guardamos poucos dados dos nossos leitores, e nenhum considerado nas “categorias especiais” pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD).
Da maior parte dos leitores, temos apenas o nome e o e-mail. O nome da empresa também, porque mais de 95% dos endereços eletrónicos são institucionais. Dependendo da forma inicial do seu registo, poderemos ter outros dados por si facultados, mas esses dados também são institucionais, nomeadamente a dimensão da empresa ou o setor de atividade a que pertence.

Dos leitores que solicitaram a assinatura das revistas impressas da editora temos o endereço físico, mas esse também diz respeito à organização onde o leitor trabalha. 

Apesar disso, trabalhamos arduamente para garantir que os seus dados estão seguros connosco - escolhemos parceiros tecnológicos que dão garantias da melhor compliance, como a AWS, a Claranet Portugal ou a The Rocket Science Group. 

Dispomos de alguns dados “on-premises”, para o fulfillment dos envios de revistas impressas a assinantes, que estão agora encriptados e “debaixo de terra” .

Sabemos quando o leitor lê os nossos conteúdos, e quando escolhe aprofundar a sua leitura, mas esses dados, antes de serem estatisticamente tratados, são primeiramente anonimizados, e destinam-se a que os nossos jornalistas e editores avaliem a relevância dos conteúdos que publicam.

Como milhares de empresas em Portugal, investimos em recursos que nos permitam analisar o risco, formar colaboradores, alterar procedimentos, inventariar e minimizar dados, mapear acessos, centralizar, encriptar ligações e ficheiros, alterar a mecânica para os novos registos, proteger a integridade dos dados. 

Acreditamos que estamos prontos para 25 de maio, mas também acreditamos que essa data não é um destino, mas o início de um caminho para a proteção do direito de cada cidadão escolher os dados que quer compartilhar. 

Os editores da MediaNext 

 

Para conhecer a atual política de privacidade, clique aqui 

— Para qualquer consulta ou instrução sobre os seus dados, escreva para privacidade@medianext.pt 

Como sempre, poderá editar os seus dados ou cancelar a subscrição do serviço, utilizando os links disponibilizados no final da newsletter.

Recomendado pelos leitores

A doença periodontal pode ser um iniciador da doença de Alzheimer.
ARTIGOS

A doença periodontal pode ser um iniciador da doença de Alzheimer.

LER MAIS

Diabéticos enfrentam maior risco de cancro oral,  tendo as  mulheres um risco mais elevado
ARTIGOS

Diabéticos enfrentam maior risco de cancro oral, tendo as mulheres um risco mais elevado

LER MAIS

Farmacocinética e Farmacodinâmica na medicina dentária
ARTIGOS

Farmacocinética e Farmacodinâmica na medicina dentária

LER MAIS

Translate:

OJD 55 OUTUBRO de 2018

OJD 55 OUTUBRO de 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.