O JornalDentistry em 2021-10-26

EDITORIAL

Entrevista/Formação: Dr. Luís Bess - North Surgical Residence

“Uma formação contínua, de carácter prático e que oferece aos alunos um acompanhamento muito personalizado”

Foi durante a pandemia, que o Dr. Luís Bessa se decidiu focar no seu maior projeto de formação, a residência clínica – North Surgical Residence, onde passa de forma integral a sua filosofia e protocolos de trabalho, sempre assentes nos mais recentes estudos científicos e tecnologias.
Recentemente lançou um novo curso de regeneração óssea guiada (ROG). A primeira edição acontece nos dias 12 e 13 de novembro e já não há vagas disponíveis 

 

O Jornal Dentistry - Que balanço faz das últimas cinco edições da residência cirúrgica? 

O balanço é positivo, aliás bastante positivo. Em cinco anos formamos mais de 20 alunos que estão completa- mente inseridos no mercado de trabalho da implantologia e cirurgia oral. Esta é a maior prova que estamos no caminho certo. 

O Jornal Dentistry - Quais têm sido os fatores de sucesso e que diferenciam esta formação das restantes nesta área? 

É uma formação contínua, de carácter muito prático e que oferece aos alunos um acompanhamento muito personalizado. Os alunos têm sempre um professor presente dentro da sala de cirurgia, o que os faz sentir muito confiantes, permitindo-    -lhes uma evolução muito mais rápida da componente técnica. A componente teórica é uma componente teórica mais dirigida, ainda que os alunos tenham as aulas que achamos necessárias e com os conteúdos essenciais. O estudo pós-graduado é mais dirigido, ou seja, os alunos leem os artigos que pedimos e a discussão é feita em conjunto. 

O Jornal Dentistry - Fale-nos sobre a vossa filosofia para a o ensino da implantologia ? 

O nosso objetivo é facilitar o caminho aos colegas mais novos, capacitando-os para uma prática cirúrgica baseada na evidência científica e na nossa filosofia de trabalho que é uma prática completamente centrada no paciente. Hoje em dia vejo a minha prática de implantologia assente em dois pilares bem claros: nos princípios microcirúrgicos suportados pela tecnologia, ou seja, biologia aliada a tecnologia e essa é a filosofia que passamos aos nossos alunos. 

O Jornal Dentistry - O difere esta nova edição da Surgical Residence? 

Nesta nova edição da Residence teremos alguns con- vidados repetidos desde o ano em que a Residence começou e ainda teremos alguns convidados novos. No próximo ano, ao staff residente, composto por mim e pela Dra. Andreia Simões irão juntar-se oficialmente o Dr. Bernardo Machado que realizou connosco a residência no ano passado. 

O Jornal Dentistry - Quantas vagas existem e qual a duração da formação? 

Existem apenas seis vagas. A procura é maior do que a oferta, mas não tencionamos abrir mais turmas ou vagas. A residência começa em fevereiro e tem a duração de dez meses. Em agosto, como quase Portugal inteiro, a residência está de férias. 

O Jornal Dentistry - Quais são as expectativas e quais podem ser os benefícios para os participantes? 

As expectativas vão de cada um, mas tentamos enten- dê-las e geri-las na primeira entrevista para a seleção dos alunos. 

Os benefícios são os de terem um ensino praticamente one to one na componente prática e de serem integrados numa prática onde podem sempre contar com a nossa ajuda. 

O Jornal Dentistry - Que outras formações oferecem na North EdUCATION? 

Este ano lançamos pela primeira vez um curso de regeneração óssea guiada que se realizara em novembro. Este é um projeto que já estava nos planos há muito tempo e que agora era a hora certa de sair da gaveta. 

Este curso precisava de tempo, principalmente tempo para ver o follow up dos casos e saber que estávamos a ir no caminho certo. 

No que toca à regeneração, tenho uma abordagem muito centrada no paciente, querendo com isto dizer, que cada caso é um caso e que o clínico deve dominar as várias técnicas de regeneração para poder indicar a mais indicada para cada paciente. 

Ao fim de dez anos a realizar reconstruções ósseas, tenho a certeza que este que foi o momento certo para lançar este curso e a prova é que o curso esgotou rapidamente. 

A segunda edição será em fevereiro. 

 

 

Recomendado pelos leitores

Novembro, o mês dos investimentos
EDITORIAL

Novembro, o mês dos investimentos

LER MAIS

Translate:

OJD 89 NOVEMBRO 2021

OJD 89 NOVEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.