O JornalDentistry em 2018-3-21

EDITORIAL

Inovação no horizonte

Sob o lema “Inovação, tecnologia e futuro digital” realiza-se este mês de março, em Madrid, a segun- da maior feira da Europa na área da medicina dentária, a EXPODENTAL.

Célia Coutinho Alves, DDS, PhD, médica dentista doutorada em periodontologia, diretora do “O JornalDentistry”

Novos desenvolvimentos nesta edição incluem a incorporação da “área de treino”, a qual concentrará todas as ofertas do setor dentário no que respeita aos estudos pós-graduados e especialidades com treino disponibilizado pelas empresas e informação de grande interesse para estes profissionais. A não perder.

Mais pormenores contamos dar nota na edição próxima edição de abril. 

Este mês teve lugar na Casa do Médico, no Porto, o Congresso Anual da SPPI, com um programa muito abrangente e com um leque de conferencistas internacionais e nacionais de alto nível, a provar que a periodontologia portuguesa está em muito boas mãos e a desenvolver-se como especialidade ao mais alto nível. Prova disso foi uma edição das mais concorridas dos últimos anos e com uma antecipação ao sucesso do que pode vir a ser a edição do Europerio, este junho, em Amesterdão. O tema da peri-implantite teve destaque pelo convite ao Prof. Dr. Frank Schwarz, um dos principais investigadores nesta área e que certamente chamou mui- 

tos colegas ao evento, por se tratar de um “hot topic” da medicina dentária atual. 

Ficámos a saber que o seu melhor tratamento é a prevenção, o que nos envolve (médico dentista-higienista oral-paciente) muitíssimo numa mudança de rotinas e protocolos de manutenção apertados, diferentes da consulta somente curativa que continua a imperar na maioria dos consultórios e nas cabeças dos pacientes. Quando a peri-implantite não se conseguiu evitar, então a intervenção cirúrgica precoce é a melhor abordagem. 

De salientar e, obviamente, congratular a investigação portuguesa na área dos implantes, neste caso levada a cabo por uma equipa séria e dedicada da Universidade de Coimbra, que viu distinguida a sua linha de investigação sobre o comportamento clínico e radiográfico dos implantes com plataforma discrepante. 

Quando o prémio surge a nível internacional e é, neste caso, o 1o Prémio do Portugal Clinical Scholars Research Training Program da Harvard Medical School, só podemos ficar orgulhosos em nome da investigação em medicina dentária de Coimbra e do seu magnífico grupo aqui representado pela Dra. Ana Messias. Tenho a certeza de que este prémio será entendido por eles como um incentivo a continuar e por outros grupos, como exemplo e estímulo, mesmo quando sabemos que a investigação é um caminho difícil e de muita per- sistência. 


 

Recomendado pelos leitores

Como usar as redes sociais para potenciar uma clínica dentária
EDITORIAL

Como usar as redes sociais para potenciar uma clínica dentária

LER MAIS

Os diferentes contornos das Fake News na saúde
EDITORIAL

Os diferentes contornos das Fake News na saúde

LER MAIS

Translate:

OJD 60 MARÇO 2019

OJD 60 MARÇO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.