O JornalDentistry em 2019-7-21

EDITORIAL

Viver mais e melhor passa pela Saúde Oral…

No mês por excelência em que grande parte dos dentistas começam as férias e outros se iniciam como dentistas (falando dos colegas que neste mês terminam os seus mestrados integrados), acabo por ser levada a refletir sobre a vida, a qualidade de vida e formas de a potenciar, melhorar, fazer valer.

Célia Coutinho Alves, DDS, PhD, médica dentista doutorada em periodontologia, diretora do "O JornalDentistry"

No seu livro “O guia nórdico para viver mais 10 anos”, o Dr. Bertil Marklund, um clínico geral e professor adjunto da Universidade de Gotemburgo, explica a importância da atividade física, dieta e atitude geral, entre outros, para prolongar a nossa expectativa de vida. Um capítulo inteiro da publicação é dedicado a como a boa saúde oral também propicia a saúde geral.

Graças ao espantoso estado do conhecimento atual, sabemos que podemos influenciar enormemente a nossa expectativa de vida e saúde através dos estilos de vida que adotamos. Os nossos genes determinam no máximo 25%, enquanto o nosso estilo de vida define 75% ou mais.

Sabemos, também, que o aparecimento de doenças graves e o envelhecimento é causado por um denominador comum: inflamação, que ocorre no nosso organismo de diferentes maneiras. A saúde oral desempenha um papel ativo na inflamação e na saúde geral.

Como sabemos, existe uma forte correlação entre os dois, e pesquisas mostraram que pessoas com cavidades orais saudáveis vivem cerca de seis anos mais do que aquelas com inflamação oral! Hábitos de higiene oral são essenciais para prolongar a vida!

Outra dica importante que pode resultar em uma vida longa e saudável é o exercício regular. Verificou-se que o maior efeito na saúde ocorre aos 30 minutos de caminhada rápida por dia. Mas um novo paradigma sobre a atividade física foi perceber que evitar um estilo de vida sedentário, com qualquer que seja o exercício, é essencial! Mexa-se pela sua saúde!

 

Sentar-se ainda é tão prejudicial quanto fumar!.

Naturalmente, a dieta também desempenha um papel importante na saúde oral e geral. A frase “você é o que você come” é absolutamente verdadeira.

Há quem escreva sobre como comer de forma a envelhecer rápida ou lentamente, dicas simples sobre como escolher uma boa dieta, que idealmente contém antioxidantes, ácidos gordos, ómega-3 e fibras. O café, por exemplo, contém antioxidantes benéficos e tem demonstrado reduzir o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e doença de Alzheimer.

Outro facto interessante não deixa de ser que os otimistas vivem sete anos mais do que os pessimistas. Os contactos sociais são importantes para manter uma boa saúde. Além disso, a exposição solar diária de 15-20 minutos durante o verão para a absorção de vitamina D, ou a toma de um suplemento nos meses de inverno, podem mostrar-se muito positivos na promoção da saúde geral.

Assim, a todos os colegas que iniciam férias agora, aproveitem para fazer exercício físico, escolher uma dieta mais saudável, com bons hábitos de higiene oral, e para se sentarem ao sol… a tomar um café e a olhar em frente de forma positiva. Como resultado, a possibilidade das suas novas escolhas se tornarem hábitos aumentarão e quem sabe se a atitude positiva não organizará o universo no sentido de fazer dos novos bons dentistas e dos bons, melhores seres humanos.

Translate:

OJD 64 JULHO 2019

OJD 64 JULHO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.