O JornalDentistry em 2021-2-27

NOTÍCIAS

Declaração do Conselho da FDI (World Dental Federation) sobre a Vacinação COVID-19

COVID-19 continua a ter um impacto severo na saúde global, sociedade e economias. As vacinas são essenciais no combate à pandemia, pois podem proteger as pessoas contra doenças e facilitar a dependência de medidas de saúde pública, como fecho de serviços e pedidos de confinamento.

Várias vacinas COVID-19 foram aprovadas para uso, tendo-se mostrado seguras e eficazes em ensaios clínicos de grande escala. Mais de 200 outras vacinas candidatas estão em vários estágios de desenvolvimento.

No final de janeiro de 2021, quase 100 milhões de doses da vacina COVID-19 foram administradas em mais de 50 países, principalmente a populações vulneráveis, como idosos e grupos de risco, como profissionais de saúde.

À medida que os países começam a implementar programas de vacinação, é necessário destacar várias considerações relacionadas aos serviços de medicina dentária  e à força de trabalho em saúde bucal. A saúde oral é um componente fundamental da saúde geral e do bem-estar e os cuidados com a saúde oral são um serviço público essencial. A vacinação do médico dentista e da sua equipe e de outros profissionais de saúde oral é importante para contribuir para o acesso contínuado aos cuidados. Os dentistas também são profissionais altamente treinados que interagem regularmente com as pessoas sobre a sua saúde e, portanto, estão bem posicionados para apoiar os programas nacionais de vacinação.

Considerando esses pontos, o Conselho da FDI afirma os seguintes princípios-chave relacionados à medicina dentária e à vacinação COVID-19:

 

1 — Médicos Dentistas, outros profissionais de saúde oral e equipe de apoio são prestadores de serviços essenciais de saúde e, portanto, devem ser incluídos nos grupos de vacinação prioritária. Estão em contato regular entre si e com os pacientes que visitam as suas unidades de saúde. Se contraírem COVID-19, isso pode resultar no encerramento de consultórios ou clínicas. Incluí-los nos grupos de vacinação prioritários é, portanto, importante para evitar o abandono da força de trabalho de saúde oral e prejudicar o acesso a esses cuidados.

 

2 — O acesso equitativo às vacinas COVID-19 é necessário para a saúde das pessoas em todo o mundo, incluindo populações vulneráveis ​​e profissionais de saúde. Para esse fim, o Conselho do FDI apoia totalmente as iniciativas para melhorar o acesso às vacinas em localidades carentes, como a instalação da COVAX, co-liderada pela GAVI, OMS e CEP.

 

3 — Devem ser feitos esforços para permitir que os médicos dentistas administrem as vacinas COVID-19, quando possível, dentro da legislação e regulamentos nacionais, e com o mínimo de interrupção dos serviços de saúde oral. Vários países já confirmaram que os médicos dentistas terão permissão para administrar as vacinas COVID-19, i

 

4 —  Os médicos dentistas estão bem posicionados para fornecer informações baseadas em evidências sobre vacinação e podem receber às perguntas dos seus pacientes sobre as vacinas COVID-19. As autoridades de saúde e as associações dentárias nacionais devem garantir que os médicos dentistas, os seus membros da equipe e outros fornecedores de serviços  de saúde oral e estudantes de medicina dentária tenham acesso a informações precisas e atualizadas sobre as vacinas disponíveis no seu país ou localidade e às especificidades do programa de vacinação em vigor.

 

5 —  Dado o grande número esperado de aprovações de vacinas e a alta aceitação da população num futuro próximo, pode haver um número maior de suspeitas de reações adversas a medicamentos do que em tempos normais. Os médicos dentistas podem desempenhar um papel importante nos programas de fármaco vigilância. As autoridades de saúde e as associações de medicina dentária  nacionais devem garantir que os médicos dentistas estejam bem informados sobre os sistemas e métodos nacionais de fármaco vigilância para relatar suspeitas de eventos adversos.

 

O FDI (World Dental Federation) Council expressa os seus sinceros agradecimentos a todos os profissionais de saúde oral, associações de medicina dentária nacionais e outros membros da comunidade global de saúde oral pelar sua dedicação em responder à crise em curso.

 

 

 

.

Recomendado pelos leitores

Novo medicamento para regenerar dentes perdidos
NOTÍCIAS

Novo medicamento para regenerar dentes perdidos

LER MAIS

Cientistas encontram evidências de que o SARS-CoV-2 infeta as células da boca.
NOTÍCIAS

Cientistas encontram evidências de que o SARS-CoV-2 infeta as células da boca.

LER MAIS

Positividade de SARS-CoV-2 em pacientes dentários assintomáticos
NOTÍCIAS

Positividade de SARS-CoV-2 em pacientes dentários assintomáticos

LER MAIS

Translate:

OJD 83 ABRIL 2021

OJD 83 ABRIL 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.