O JornalDentistry em 2021-5-17

NOTÍCIAS

Nova terapia encurta tratamento para cancros das amígdalas e da língua relacionados com o VPH

Os doentes com cancro orofaríngico relacionado com o Vírus do Papiloma Humano (VPH) que são submetidos a cirurgia e são tratados com quimioterapia, podem reduzir significativamente a radiação sem aumentar o risco de propagação do cancro, segundo um ensaio clínico liderado por investigadores da Clínica Mayo.

"Descobrimos que a diminuição da quantidade de radioterapia após uma cirurgia robótica minimamente invasiva melhorou a qualidade de vida dos pacientes com cancro orofaríngico relacionado com o VPH, ao mesmo tempo que oferece excelentes taxas de cura", diz o Dr. Eric Moore, otorrinolaringologistas da Clínica Mayo. "No fundo, encontramos exatamente a quantidade certa de tratamento sem sobrecarregar demais estes pacientes." 

O Dr. Moore e os seus colegas compararam 79 pacientes tratados na Clínica Mayo para o cancro da amígdala e língua relacionado com o VPH com cirurgia e duas semanas de radioterapia a um grupo de 115 pacientes com o mesmo cancro que foram tratados com cirurgia, e as seis semanas padrão de radioterapia e quimioterapia. 

O Dr. Moore e os seus colegas não encontraram nenhuma diminuição na sobrevivência ou recorrência do cancro no grupo que recebeu duas semanas de radioterapia, em comparação com o grupo que recebeu seis semanas de radioterapia. Ao diminuir a quantidade de radioterapia após uma cirurgia robótica minimamente invasiva, os médicos conseguiram melhorar a qualidade de vida dos pacientes e alcançar excelentes taxas de cura. 

"No fundo, encontramos exatamente a quantidade certa de tratamento sem sobre tratamento", diz o Dr. Moore. 

A Clínica Mayo agora oferece redução da quantidade  de radioterapia  para pacientes devidamente selecionados com cancros relacionados com o VPH das amígdalas e da língua. 

"Esta abordagem encurta o tempo de tratamento para estes pacientes em várias semanas e reduz os efeitos secundários sem sacrificar a eficácia da terapia”, diz Dr. Moore.

 

Fonte:  Oral Cancer Foundation / medicalxpress.com

Autores:  Mayo Clinic News Network e Mayo Clinic News Network

Artigo OCF 

Recomendado pelos leitores

Portugal não tem capacidade para mais mestrados integrados de medicina dentária
NOTÍCIAS

Portugal não tem capacidade para mais mestrados integrados de medicina dentária

LER MAIS

As três grandes causas de cancro da boca
NOTÍCIAS

As três grandes causas de cancro da boca

LER MAIS

Universidade de Coimbra
NOTÍCIAS

Universidade de Coimbra

LER MAIS

Translate:

OJD 91 JANEIRO 2022

OJD 91 JANEIRO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.