O JornalDentistry em 2020-6-21

NOTÍCIAS

No dia 27 de junho, vote! Medicina dentária precisa de todos nós

Sou candidato a Bastonário e médico dentista no ativo. Conheço bem a nossa profissão, assim como os desafios que nos são colocados, quer no setor privado quer no público.

Iniciei a minha carreira a trabalhar por conta de outrem; depois abri o meu próprio consultório; ingressei na função pública e integro o quadro de pessoal do Centro de Saúde de Angra do Heroísmo.
Conheço os obstáculos que tivemos e que ainda temos de ultrapassar para o reconhecimento da importância da medicina dentária nos Sistemas de Saúde públicos e também, as dificuldades que enfrentamos para exercer a nossa profissão.
Por isso, decidi candidatar-me a Bastonário da nossa Ordem, integrando a Lista B.
 
Candidato-me por paixão à profissão que escolhi e porque acredito que podemos fazer melhor no presente e responder com competência aos desafios do futuro.
Sou candidato a Bastonário com a determinação e a liberdade de quem se entrega a uma causa maior, com independência e desprendimento. Tenho por objetivos servir os colegas e trabalhar para dignificar a medicina dentária. Para isso conto com a experiência que adquiri, mas também com um grupo de colegas que, com o mesmo empenho e dedicação, defendem uma Ordem coesa e capaz de responder aos
desafios de todos os médicos dentistas.
Ao longo de todo o meu percurso, sempre dei o melhor de mim para valorizar e defender a nossa profissão, e afirmar a importância da medicina dentária na saúde pública. Participei na construção do Programa Regional de Saúde Oral dos Açores; fui autor do Programa de Saúde Escolar M6; representei a Ordem no Grupo de trabalho do ministério da Saúde para a criação da carreira especial de medicina dentária e
fui responsável pela elaboração do projeto de criação das competências setoriais.
Encabeço uma lista de mulheres e homens de diferentes idades, com percursos extraordinários e currículos ricos na prática clínica, mas também académica, que, de olhos postos no futuro, querem renovar com confiança.
 
É preciso mais do que boa vontade para elevar a medicina dentária. É preciso ter experiência: experiência para implementar medidas que protejam os médicos dentistas e determinação para colocar as preocupações da nossa classe na
agenda política e mediática do país.
 
Serei um Bastonário presente, próximo de todos, capaz de reunir, de ouvir, de pressionar o Estado e de procurar soluções.
Diariamente, eu e a minha equipa falamos com colegas de todos os pontos do país. Conhecemos os seus anseios e as suas dúvidas. Desenvolvemos, por isso, um programa com medidas que respondem às necessidades concretas dos
médicos dentistas, dos mais jovens aos seniores, sem populismos nem demagogias. Medidas honestas e exequíveis.
 
Propomos isentar o pagamento de quotas nos primeiros três anos após a inscrição; vamos atribuir benefícios aos médicos dentistas que contratem a termo os colegas mais jovens; queremos classificar a nossa profissão como profissão de desgaste rápido e garantir os respetivos apoios do Estado; criar o fundo de solidariedade para casos de invalidez ou doença; criar o Instituto de Inovação e Investigação em Medicina Dentária; e vamos criar os restantes colégios de especialidade, bem como implementar as especialidades em falta.
Sabemos também que a nossa classe foi uma das classes profissionais mais abaladas neste período de pandemia, durante o qual fomos impedidos de trabalhar e em que
todos sofremos inúmeras perdas a vários níveis. Somos ainda uma das classes profissionais com maior risco de contrair o vírus.
O nosso programa contempla também, por isso, uma série de medidas a pensar na COVID-19, como, por exemplo, o aumento do valor do cheque dentista, a criação de uma central de compras e o reforço da influência da OMD nas decisões do Governo e da DGS, entre muitas outras que pode consultar no nosso site https://www.arturlimaomd2020.pt/.
A candidatura da Lista B que tenho o orgulho de encabeçar é de todas as mulheres e de todos os homens que fazem da sua profissão a medicina dentária e contribuem dedicadamente para a saúde oral de todos os portugueses.
 
Com persistência e determinação, procuraremos contribuir para a união e convergência entre todos, quer dos mais jovens, que dão os primeiros passos na profissão, quer de todos aqueles que, ao longo dos anos, nos centros de saúde,
nos consultórios, nos hospitais e nas academias, contribuem para o prestígio da medicina dentária portuguesa.
Juntos, afirmaremos uma visão estratégica que não prescinde do reforço da nossa independência, da nossa capacidade de decisão e do nosso reconhecimento como um parceiro indispensável na prossecução da saúde publica em Portugal.
Estamos prontos para trabalhar. Conto com todos para renovarmos com confiança, honrarmos a Ordem e garantirmos o futuro. No dia 27 de junho, vote! A medicina dentária precisa de todos nós. n
 
Por Artur Lima
Candidato a Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas
Lista B

Recomendado pelos leitores

MedSUPPORT cria selo de controlo de segurança para clínicas
NOTÍCIAS

MedSUPPORT cria selo de controlo de segurança para clínicas

LER MAIS

01 de julho de 2020 - Abertura de Clínica Santa Madalena Cascais
NOTÍCIAS

01 de julho de 2020 - Abertura de Clínica Santa Madalena Cascais

LER MAIS

Miguel Pavão é o novo Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas
NOTÍCIAS

Miguel Pavão é o novo Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas

LER MAIS

Translate:

OJD 74 JUNHO 2020

OJD 74 JUNHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.