O JornalDentistry em 2020-10-15

NOTÍCIAS

O teste rápido para COVID-19 com resultados de laboratório bem-sucedidos

A deteção rápida do vírus SARS-CoV-2, em cerca de 30 segundos após o teste, teve resultados preliminares bem-sucedidos no laboratório de Mano Misra na Universidade de Nevada, Reno.

O teste usa um biossensor eletroquímico baseado em nanotubos, uma tecnologia semelhante que Misra usou no passado para detetar tuberculose e cancro colorretal, bem como deteção de biomarcadores para segurança alimentar. 

O professor Misra, do Departamento de Química e Materiais da Faculdade de Engenharia da Universidade, trabalha com nano censores há 10 anos. Tem experiência na deteção de um biomarcador específico na respiração dos pacientes com tuberculose usando um sensor nano funcionalizado metálico.

“Pensei que uma tecnologia semelhante poderia ser usada para detetar o vírus SARS-CoV-2, que é uma proteína dobrada", comentou Misra. "Este é um teste Point of Care para avaliar a exposição ao COVID-19. Não precisamos de um ambiente de laboratório ou profissionais de saúde treinados para administrar o teste. Os biossensores eletroquímicos são vantajosos para fins de deteção, pois são sensíveis, precisos e simples." 

O exame não requer recolha de sangue, é realizado com cotonete nasal ou mesmo com ar exalado, que possui biomarcadores de COVID-19. Misra e sua equipe demonstraram com sucesso uma plataforma de diagnóstico simples, barata, rápida e não invasiva que tem o potencial de detetar efetivamente o vírus SARS-CoV-2. 

A equipe inclui o professor associado Subhash Verma, virologista e cientista pesquisador da Timsy Uppal, na Escola de Medicina da Universidade, e o pesquisador de pós-doutoramento d Misra, Bhaskar Vadlamani. 

“O nosso papel neste projeto é fornecer material viral a ser usado para deteção pelo sensor de nanomaterial desenvolvido por Mano", disse Verma. "Mano entrou em contacto comigo em abril ou maio e perguntou se podemos colaborar para desenvolver um teste para detetar a infeção por SARS-CoV-2 analisando o hálito dos pacientes. Foi aí que entramos, para fornecer material biológico e começamos a fornecer a proteína da superfície do vírus, que pode ser usado para detetar a presença do vírus. " Verma, especialista em SARS-CoV-2, sintetizou e preparou a proteína antigénica do vírus COVID-19 no seu laboratório, a proteína do domínio de ligação ao recetor SARS-CoV-2, para o teste preliminar e determinação da sensibilidade do nosso nano sensor. Sintetizar e purificar proteínas virais é um trabalho usual e rotineiro num laboratório de virologia. 

“O nosso laboratório é um laboratório de virologia, que trabalha com diferentes vírus, e estamos a trabalhar no SARS-CoV-2 desde o início do surto", disse. “O nosso grupo de genómica e diagnóstico tem sequenciado o SARS-CoV-2 dos cotonetes nasais de pacientes com COVID-19 do estado de Nevada para determinar as alterações mutacionais no vírus enquanto o SARS-CoV-2 circula na população."

A equipe desenvolveu nanotubos funcionalizados com co-metal como material de deteção eletroquímica da proteína. Confirmaram o potencial do biossensor para aplicação clínica ao analisar diretamente o RBD da glicoproteína Spike no sensor. 

A equipe planeia passar para a próxima etapa de validação do sensor com cotonetes reais de pacientes COVID-19 armazenados no meio de transporte viral e solicitaram financiamento para desenvolver um sensor de atendimento específico e barato para uma deteção rápida de COVID- 19 na saliva ou hálito de indivíduos infetados.

A abordagem desenvolvida também tem potencial para o diagnóstico de outras doenças virais respiratórias por meio da identificação de elementos metálicos apropriados para funcionalizar os nanotubos.

Fonte: Medical X Press

Artigo original:  "COVID-19 rapid test has successful lab results, research moves to next stages"

Recomendado pelos leitores

“No mês de Novembro, teremos o Straumanngroup Month, que será um mês dedicado à formação e educação!
NOTÍCIAS

“No mês de Novembro, teremos o Straumanngroup Month, que será um mês dedicado à formação e educação!

LER MAIS

Declaração Política das Nações Unidas sobre Cobertura Universal de Saúde finalmente tem alguns “dentes”
NOTÍCIAS

Declaração Política das Nações Unidas sobre Cobertura Universal de Saúde finalmente tem alguns “dentes”

LER MAIS

Translate:

OJD 77 OUTUBRO 2020

OJD 77 OUTUBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.