O JornalDentistry em 2021-8-24

NOTÍCIAS

Teste de saliva para detetar cancro da cabeça e pescoço para um diagnóstico precoce, desenvolvido pela Natick

Um teste de diagnóstico baseado de saliva desenvolvido Natick pode detetar o cancro da cabeça e pescoço relacionado com o Vírus do Papiloma Humano (HPV)tem e tem potencial para detetar a doença mais cedo.

Este teste pode vir a  servir como um método padrão de rastreio, que a comunidade médica atualmente não tem.

O carcinoma orofaríngico de célula escamosas , é um cancro causado pelo Vírus do Papiloma Humano que se desenvolve na boca e na garganta, deverá causar mais de 10.000 mortes este ano, de acordo com a American Cancer Society. Os casos têm vindo a aumentar significativamente nos homens nos últimos anos.

Mas não há nenhum método de rastreio para este cancro neste momento, comentou Charlotte Kuperwasser, chefe de operações clínicas da empresa de diagnósticos baseada em Natick Naveris. Disse que a maioria dos homens que o contraem notam um nódulo  na garganta e vão ao médico. Mas nessa altura, o cancro pode estar bastante avançado.

O novo teste de saliva desenvolvido pela Naveris demonstrou detetar cancro da cabeça e pescoço associado ao HPV com alta precisão, e é um resultado de  um estudo, o primeira do género e que  poderá oferecer uma forma amigável ao paciente de detetar o cancro precocemente.

"A saliva é na verdade uma fonte muito fácil, e não invasiva. Não é preciso um profissional médico para recolher, pode até ser feito em casa, por isso há muitas vantagens para usar a saliva", disse Kupperwasser.

Investigadores da Washington University School of Medicine, em St. Louis, usaram o teste para analisar com sucesso a saliva para os genomas de HPV que são específicos para o ADN de desenvolvimento de de tumores cancerígenos. Os resultados do estudo destacaram o potencial de usar o teste para detetar o cancro mais cedo.

"Então, você pode realmente intervir e fazer a diferença e evitar que estes cancros apareçam", disse Kupperwasser.

O teste de saliva baseia-se num teste de sangue de Naveris que deteta cancro da cabeça e pescoço associado ao HPV mais cedo do que é possível com imagiologia. Essa tecnologia já  é usada por centenas de médicos.

“Encontrar uma maneira de detetar o cancro relacionado com o HPV precocemente pode não estar para breve. Até 2035, os cancros causados por HPV devem tornar-se o terceiro tipo de cancro líder entre os homens brancos. A incidência está a aumentar drasticamente e a prevalência está a ficar  alta", disse Kupperwasser.

 Vírus do Papiloma Humano (HPV) é a  infeção sexualmente transmissível mais comum nos Estados Unidos. Mais de um em cada cinco adultos americanos estão infetados com uma estirpe de alto risco de HPV que pode potencialmente desenvolver-se em cancro.

Mas muitas pessoas podem não ter nenhum sintoma de HPV, que pode levar décadas para se transformar em cancro.

Uma situação semelhante desenrola-se com cancro do colo do útero nos Estados Unidos. Os casos estavam a aumentar e foi implementado um mandato de rastreio, que te  ajudado significativamente.

O mesmo poderá acontecer com o teste de saliva se for usado como um método padrão de triagem.

O teste de saliva pode estar disponível para os pacientes dentro de 18 meses, mas permanece ainda em ensaios clínicos, disse Kupperwasser.

Recomendado pelos leitores

BTI Biotechnology Institute lidera produção  científica pelo sétimo ano consecutivo
NOTÍCIAS

BTI Biotechnology Institute lidera produção científica pelo sétimo ano consecutivo

LER MAIS

FMDUL acolhe módulo do EAO Diploma Program
NOTÍCIAS

FMDUL acolhe módulo do EAO Diploma Program

LER MAIS

Professor da FMDUL nomeado Coordenador da Comissão Executiva da Rede Académica para a Literacia em Saúde
NOTÍCIAS

Professor da FMDUL nomeado Coordenador da Comissão Executiva da Rede Académica para a Literacia em Saúde

LER MAIS

Translate:

OJD 97 JULHO 2022

OJD 97 JULHO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.