O JornalDentistry em 2018-11-11

ARTIGOS

Perda do primeiro dente de leite uma experiência positiva para as crianças

Assustado, envergonhado, feliz ou orgulhoso - como as crianças se sentem quando perdem o primeiro dente de leite? Investigadores da Universidade de Zurique concluíram que os sentimentos das crianças são predominantemente positivos.

O estudo também revela que as visitas anteriores ao médico dentista, bem como a escolaridade dos pais e nível de educação afetam o modo de como as crianças experimentam a perda de seu primeiro dente. 

Dentes decíduos, mais comummente conhecidos como dentes de leite, são o primeiro conjunto de dentes que se desenvolvem na crianças. Esses dentes são geralmente substituídos por dentes permanentes. As crianças geralmente perdem seu primeiro dente de leite quando têm cerca de seis anos de idade: o dente solta-se e eventualmente cai, deixando uma lacuna que é então permanentemente preenchida pelo dente de substituição. Este processo gradual é provavelmente uma das primeiras mudanças biológicas do corpo que as crianças experimentam conscientemente. As emoções que acompanham esse marco são extremamente variadas, 

Pais relatam reações positivas 

Uma equipe interdisciplinar de pesquisadores de medicina dentária e psicólogos do desenvolvimento e da saúde da Universidade de Zurique, em cooperação com a City of Zurich School Dental Services, examinou os sentimentos que as crianças experimentaram quando perderam seu primeiro dente de leite e quais fatores estão em jogo. Os cientistas entrevistaram pais de crianças que já haviam perdido pelo menos um dos seus dentes de leite. Das cerca de 1.300 respostas recebidas pelo estudo, cerca de 80% dos pais relataram sentimentos positivos, enquanto apenas 20% relataram emoções negativas. Raphael Patcas, autor do estudo, está feliz com as conclusões: "O fato de quatro em cada cinco crianças sofrerem a perda de um dente de leite, como algo positivo é reconfortante, tanto para pais quanto para os médicos dentistas". 

Quanto mais tempo estiver solto, melhores serão os sentimentos Os pesquisadores descobriram que as visitas anteriores aos médico dentistas desempenharam um papel em relação sentimentos das crianças. As crianças cujas visitas anteriores eram relacionadas ás cáries e, portanto, talvez associadas à vergonha ou à culpa, experimentaram menos emoções positivas quando mais tarde perderam o primeiro dente de leite. Se, no entanto, consultas dentárias anteriores foram o resultado de um acidente e, portanto, um evento abrupto, inesperado e doloroso, a perda do primeiro leite foi mais provavelmente associada a emoções positivas. Segundo o pesquisador de medicina dentária Raphael Patcas, uma possível explicação para isso é que os dentes do bebé soltam-se gradualmente antes de cair - um processo que, ao contrário de um acidente, desenrolando-se de forma lenta e previsível. Isto também é apoiado pelo fato de que as crianças que experimentam o afrouxamento dos seus dentes durante um longo período de tempo tendem a ter sentimentos mais positivos: quanto maior o tempo de preparação e de espera, maior o alívio e orgulho quando o dente finalmente cai. 

Educação parental e antecedentes 

Além disso, o estudo também descobriu que os fatores sociodemográficos estão relacionados aos sentimentos das crianças: por exemplo, as crianças tinham mais probabilidade de ter sentimentos positivos, como orgulho ou alegria, se os pais tivessem um nível de educação mais alto e viessem de países não ocidentais. Os pesquisadores indicam que as diferenças culturais podem estar em jogo aqui: incluem educação e normas que os pais transmitem aos filhos, bem como rituais de transição que acompanham a perda do primeiro dente de leite. 

Segundo Moritz Daum, professor de psicologia do desenvolvimento da UZH, as descobertas sugerem que as crianças processam deliberadamente experiências anteriores sobre seus dentes e as integram em seu desenvolvimento emocional. 

Essa descoberta é importante para os médicos dentistas e pais: "Especialmente no que se refere às cáries, vale a pena comunicar com as crianças com prudência. Dessa forma, emoções relacionadas com dentes e médicos dentistas devem ser colocadas de uma maneira o mais positiva possível. 

 

Fonte: ScienceDaily / University of Zurich

Artigo original ScienceDaily: "Loss of first baby tooth a positive experience for children"

 

Recomendado pelos leitores

Imunoterapia prolonga a vida de pacientes com cancro de cabeça e pescoço
ARTIGOS

Imunoterapia prolonga a vida de pacientes com cancro de cabeça e pescoço

LER MAIS

Qual é a ligação entre a vitamina D, a saúde das gengivas e a diabetes?
ARTIGOS

Qual é a ligação entre a vitamina D, a saúde das gengivas e a diabetes?

LER MAIS

Reduzir a dose de radiação no cancro oral pode melhorar a qualidade de vida e reduzir custos
ARTIGOS

Reduzir a dose de radiação no cancro oral pode melhorar a qualidade de vida e reduzir custos

LER MAIS

Translate:

OJD 57 DEZEMBRO 2018

OJD 57 DEZEMBRO 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.